400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

São Pedro da Aldeia recebe visita de doutora em antropologia social

Por Viviane Teixeira em 15/04/2015
Imagem da Notícia: O secretário municipal de Educação de São Pedro da Aldeia, professor Evaldo Bittencourt, recebeu, na última semana, a visita da Pós-Doutoranda em Antropologia Social pela USP, Doutora em Educação pela UERJ, Mestre em Educação e professora Adjunta da UFF - Universidade Federal Fluminense, Tânia Müller, com o objetivo de discutir as políticas públicas municipais de combate ao racismo, a importância da história do negro quilombola na área rural do município e o cumprimento à Lei 10.639/03, que torna obrigatória a disciplina de História e Cultura Afro-Brasileira no Ensino Fundamental e no Ensino Médio.

 

O secretário municipal de Educação de São Pedro da Aldeia, professor Evaldo Bittencourt, recebeu, na última semana, a visita da Pós-Doutoranda em Antropologia Social pela USP, Doutora em Educação pela UERJ, Mestre em Educação e professora Adjunta da UFF - Universidade Federal Fluminense, Tânia Müller, com o objetivo de discutir as políticas públicas municipais de combate ao racismo, a importância da história do negro quilombola na área rural do município e o cumprimento à Lei 10.639/03, que torna obrigatória a disciplina de História e Cultura Afro-Brasileira no Ensino Fundamental e no Ensino Médio.



Em seguida, a doutora foi acompanhada pelo diretor municipal de Promoção das Políticas Públicas de Igualdade Racial (DIPPPIR), vinculada à Secretaria Municipal de Educação – SEMED - de São Pedro da Aldeia, Sérgio dos Santos, até a Escola Municipal Quilombola Dona Rosa Geralda da Silveira, no bairro Botafogo. No local, toda a equipe, que incluiu também a assessora técnica da SEMED Patrícia Lima, foi recepcionada pela diretora da unidade escolar Claudia Osvaldina.



Para o professor Serjão, a antropóloga social, que é considerada um dos maiores nomes no debate contra o racismo brasileiro, ficou maravilhada com o que viu no município: "São Pedro da Aldeia tem um marco na educação que é a primeira Escola Quilombola do Estado do Rio de Janeiro e a doutora Tânia ficou encantada com a riqueza histórica e cultural contida no Bairro de Botafogo, e com a iniciativa da criação da unidade no território que já tem o reconhecimento do Governo como área de quilombo".