400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

São Pedro da Aldeia sedia oficina da Rede de Atenção Psicossocial do Governo do Estado

Por Raíra Morena em 01/10/2013
Imagem da Notícia: O município de São Pedro da Aldeia foi sede, nesta terça-feira (01), para a oficina de construção do Plano de Ação Regional 2014-2016 da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS). Promovido pela Secretaria de Estado de Saúde, o evento contou com a participação de mais de 30 gestores, entre coordenadores de Saúde Mental, Atenção Básica e da Rede de Urgência e Emergência dos municípios que compõem a Região da Baixada Litorânea. Estiveram presentes o Subsecretário de Administração da Saúde, Moacyr Torres, representando a Secretária de Saúde, Vanessa Matalobos, a diretora geral do Pronto-Socorro, Leylane Elias, a coordenadora de Saúde Mental, Rosemary Calazans e o diretor da Atenção Básica, Bruno Sales, representando a Subsecretária da pasta, Rosemeyre Pessanha. O Plano de Ação Regional agora será encaminhado para aprovação junto à Comissão Intergestores Regional (CIR), em data ainda a ser definida. Na ocasiã

               O Núcleo de Atendimento à Violência Intrafamiliar (NAVI) de São Pedro da Aldeia foi sede, nessa terça-feira (01), para a oficina de construção do Plano de Ação Regional 2014-2016 da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS). Promovido pela Secretaria de Estado de Saúde, o evento contou com a participação de mais de 30 gestores, entre coordenadores de Saúde Mental, Atenção Básica e da Rede de Urgência e Emergência dos municípios que compõem a Região da Baixada Litorânea. Estiveram presentes o Subsecretário de Administração da Saúde, Moacyr Torres, representando a Secretária de Saúde, Vanessa Matalobos, a diretora geral do Pronto-Socorro, Leylane Elias, a coordenadora de Saúde Mental, Rosemary Calazans e o diretor da Atenção Básica, Bruno Sales, representando a Subsecretária da pasta, Rosemeyre Pessanha. O Plano de Ação Regional agora será encaminhado para aprovação junto à Comissão Intergestores Regional (CIR), em data ainda a ser definida.

Na ocasião, o Subsecretário de Administração da Saúde, Moacyr Torres, deu as boas vindas aos coordenadores presentes e à equipe do Governo do Estado, ressaltando a importância da estruturação da RAPS em âmbito regional. “Para nós é uma satisfação muito grande receber essa oficina da RAPS por se tratar de um espaço de discussão e construção coletiva em prol do fortalecimento regional da Rede. Temos observado, junto à CIR, o comprometimento das coordenações dos municípios e o quanto isso tem resultado em avanços. Hoje São Pedro da Aldeia possui importantes dispositivos de acolhimento e cuidado, que tem possibilitado o acesso e a inclusão dos usuários. E é justamente essa a nossa proposta de trabalho junto à Secretaria de Saúde sob a orientação, apoio e incentivo do Prefeito Cláudio Chumbinho: trabalhar cada vez mais com foco na melhoria do acesso, na qualificação e potencialização da Rede não somente em âmbito local, mas junto a todos os municípios da Região Baixada Litorânea”, destacou.

O evento foi aberto pela Assessoria Técnica da Subsecretaria de Atenção à Saúde do Governo do Estado, Vivian Studart, que abordou os componentes e pontos de atenção que constituem a RAPS e seu processo de implantação no Estado do Rio de Janeiro. A proposta do Plano de Ação Regional é garantir a expansão e o fortalecimento dos dispositivos integrantes da Rede nos noves municípios que integram a Região Baixada Litorânea para os anos de 2014 a 2016 e a solicitação, junto ao Ministério da Saúde, dos recursos financeiros pertinentes.


Para a elaboração do Plano, foram formados três grupos de trabalho temáticos que discutiram atividades, ações, prazos e metas regionais para ampliação e qualificação da Rede. Cada grupo ficou responsável pelo debate de diferentes componentes, entre Estratégica de Desinstitucionalização e Reabilitação Psicossocial, Atenção Psicossocial Especializada, Atenção Residencial de Caráter Transitório, Atenção Básica, Atenção à Urgência e Emergência e Atenção Hospitalar. Ao final, foi realizada uma plenária para a apresentação do produto dos GT pelos relatores e consolidação das informações.

            Pela Secretaria de Estado de Saúde participaram ainda os apoiadores regionais de Saúde Mental da Baixada Litorânea, representantes da Superintendência de Atenção Básica e da Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos, Gerência de Saúde Mental, Assessoria de Humanização, Coordenação de Urgência e Emergência e membros da Comissão de Saúde Mental do Conselho Estadual de Saúde. A coordenadora do Núcleo de Atendimento à Violência Intrafamiliar (NAVI), Luciana Oliveira, também marcou presença no evento, que aconteceu na sede da unidade, na Rua Adolfo Silveira, nº 59, no Centro da cidade.

Tópicos: Governo do Estado , Plano de Ação , Saúde Mental , NAVI , Oficina RAPS