Brasão da Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia com fita azul dedicado ao mês de Novembro em razão da campanha Novembro Azul.

Trabalho e desenvolvimento

Banner: Processo Seletivo Simplificado da Secretaria de Saúd

São Pedro da Aldeia terá Dia D contra Febre Amarela neste sábado (3)

Por Gabrielly Costa em 26/02/2018
Imagem da Notícia: A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Saúde, vai participar da Campanha estadual de Vacinação contra a Febre Amarela, que tem como objetivo chamar a atenção da população para a importância de se imunizar contra a doença. O Dia D será realizado neste sábado (3), das 8h às 13h. A mobilização acontecerá na Sala de Vacinas, no Centro, e em todas as Unidades de Saúde do município, com exceção dos bairros Três Vendas e Centro/Mossoró. Os moradores dessas localidades serão referenciados para a UBS Cruz e as UBS Porto da Aldeia ou Poço Fundo, respectivamente. A dose aplicada será a integral. Em 2017, os profissionais aldeenses imunizaram 39.290 pessoas.


A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Saúde, vai participar da Campanha estadual de Vacinação contra a Febre Amarela, que tem como objetivo chamar a atenção da população para a importância de se imunizar contra a doença. O Dia D será realizado neste sábado (3), das 8h às 13h. A mobilização acontecerá na Sala de Vacinas, no Centro, e em todas as Unidades de Saúde do município, com exceção dos bairros Três Vendas e Centro/Mossoró. Os moradores dessas localidades serão referenciados para a UBS Cruz e as UBS Porto da Aldeia ou Poço Fundo, respectivamente. A dose aplicada será a integral.  Em 2017, os profissionais aldeenses imunizaram 39.290 pessoas.



De acordo com as orientações do Estado para uma busca ativa de pessoas não imunizadas, a secretaria de Saúde de São Pedro da Aldeia destaca que idosos e pessoas com doenças que alteram o sistema imunológico ou que apresentem alterações hematológicas, devem passar por uma avaliação realizada por um profissional de saúde. As pessoas que já foram imunizadas nas outras ações promovidas pela Prefeitura aldeense não precisam se vacinar outra vez.


Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde informou que os casos registrados até o momento são do tipo silvestre, transmitido pelas espécies de mosquito Haemagogus e Sabeths, presentes em áreas de mata, e que não há registro da forma urbana da doença, transmitida pelo Aedes aegypti, desde 1942 no país. 


O Brasil segue a orientação da Organização Mundial de Saúde (OMS) de que a vacina contra a febre amarela é uma dose única que vale para a vida inteira. Mais informações sobre a doença podem ser acessadas no site www.febreamarelarj.com.br.