Brasão da Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia com fita azul dedicado ao mês de Novembro em razão da campanha Novembro Azul.

Trabalho e desenvolvimento

Banner: Processo Seletivo Simplificado da Secretaria de Saúd

Saúde aldeense reúne dentistas para discutir gestão do sistema “e-SUS Atenção Básica”

Por Raíra Morena em 20/05/2019
Imagem da Notícia: A Secretaria de Saúde de São Pedro da Aldeia, por meio da Diretoria de Atenção Básica e da Coordenação de Saúde Bucal, promoveu uma reunião com cirurgiões dentistas das Unidades de Saúde da Família do município. O encontro teve como objetivo discutir as atuais formas de operação e aprimorar o lançamento de dados relativos aos atendimentos odontológicos no Sistema de Informação da rede, o chamado “e-SUS Atenção Básica”. O encontro foi conduzido pelo coordenador municipal de Saúde Bucal, Marconi Freire, e contou com a participação da secretária de Saúde, Francislene Casemiro. A iniciativa faz parte de uma política de capacitação profissional contínua da Secretaria de Saúde, visando a informatização qualificada do SUS no município.

A Secretaria de Saúde de São Pedro da Aldeia, por meio da Diretoria de Atenção Básica e da Coordenação de Saúde Bucal, promoveu uma reunião com cirurgiões dentistas das Unidades de Saúde da Família do município. O encontro teve como objetivo discutir as atuais formas de operação e aprimorar o lançamento de dados relativos aos atendimentos odontológicos no Sistema de Informação da rede, o chamado “e-SUS Atenção Básica”. O encontro foi conduzido pelo coordenador municipal de Saúde Bucal, Marconi Freire, e contou com a participação da secretária de Saúde, Francislene Casemiro. A iniciativa faz parte de uma política de capacitação profissional contínua da Secretaria de Saúde, visando a informatização qualificada do SUS no município.



Na ocasião, a secretária de Saúde, Franscislene Casemiro, reforçou a importância do registro das informações no Sistema. “Temos feito reuniões de equipe com todas as classes da Saúde e temos intensificado o trabalho de capacitação com foco no e-SUS. Essa é uma cobrança não só do Estado, mas do próprio Ministério da Saúde e é uma questão que vai muito além dos números, mas, principalmente, da manutenção de recursos para o município. Hoje, esses órgãos superiores estão monitorando e olhando a qualidade da informação que é lançada no Sistema. Eles fazem o cruzamento de dados e uma vez que os profissionais passam a não informar, a gente perde o recurso. Como gestora, essa é uma das minhas grandes preocupações e conto com a colaboração e a parceria de todos. O trabalho em equipe tem que existir e só assim vamos conseguir avançar”, salientou.



Durante o encontro, o coordenador municipal de Saúde Bucal, Marconi Freire, prestou orientações acerca do envio e lançamento correto das informações no “e-SUS AB”, abordando as principais mudanças na inserção dos códigos no Sistema, referentes aos diversos procedimentos odontológicos realizados na Atenção Básica, entre eles as consultas de urgência, consultas de primeira vez e de retorno, atendimentos domiciliares e atividades coletivas, como o Programa “Saúde Na Escola”. Também foi reforçada a importância do preenchimento qualificado e da entrega do Boletim de Produção Ambulatorial (BPA), bem como do boletim de produção das Contas Médicas, dentro do prazo previsto pela coordenação municipal.



“Muitas das verbas que recebemos para as unidades de Estratégia de Saúde da Família estão atreladas aos atendimentos que nós temos feito; dependem das informações que nós enviamos para o Estado e para o Ministério. É importante que os profissionais estejam atentos para registrar essas informações no e-SUS de forma correta, qualificada e dentro do período estabelecido”, comentou Marconi.



Ao longo da reunião, os profissionais tiveram a oportunidade de compartilhar os principais desafios enfrentados no dia a dia dentro das unidades, além de esclarecer dúvidas acerca dos processos administrativos em andamento e os instrumentos de trabalho disponíveis. Participaram do encontro cirurgiões dentistas das unidades de Estratégia de Saúde da Família dos bairros São Matheus, Colina, São João, Ponta do Ambrósio, Flexeira, Baixo Grande, Campo Redondo, Praia Linda e Vinhateiro.