400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

Secretaria de Educação de São Pedro da Aldeia participa do I Fórum Estadual do Programa Nacional

Por Mônica Marins em 10/10/2013
Imagem da Notícia: O secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer de São Pedro da Aldeia, Evaldo Bittencourt, a subsecretária de Educação Fátima Motta e a coordenadora local do Programa Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) Elizângela Regueira participaram nessa quarta-feira (09) do I Fórum Estadual PNAIC, no auditório da Secretaria de Estado de Educação (Seeduc). O objetivo desse trabalho integrado é buscar a alfabetização em Língua Portuguesa e Matemática (até o 3º ano do Ensino Fundamental, aos 8 anos) de todas as crianças das escolas municipais e estaduais.

O secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer de São Pedro da Aldeia, Evaldo Bittencourt, a subsecretária de Educação Fátima Motta e a coordenadora local do Programa Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) Elizângela Regueira participaram nessa quarta-feira (09) do I Fórum Estadual PNAIC, no auditório da Secretaria de Estado de Educação (Seeduc). O objetivo desse trabalho integrado é buscar a alfabetização em Língua Portuguesa e Matemática (até o 3º ano do Ensino Fundamental, aos 8 anos) de todas as crianças das escolas municipais e estaduais.

A iniciativa contou com palestras e relatos de experiências desenvolvidas nas classes de alfabetização, na rede estadual de ensino. A coordenadora Geral do PNAIC Elaine Constant falou sobre “Avaliação e os direitos da aprendizagem”. Já a supervisora do PNAIC da Região Litorânea Marlene Carvalho explanou sobre “Leitura e escrita na sala de aula: saber fazer e inovar”.  

De acordo com o subsecretário de Gestão de Ensino, Antônio Vieira Neto, esse encontro é muito importante, pois trata de um assunto tão estratégico e fundamental, que é a alfabetização.

Informações da de Estado de Educação o programa se caracteriza pela integração e estruturação, a partir da formação continuada de professores alfabetizadores, de diversas ações, materiais e referências curriculares e pedagógicas do Ministério da Educação (MEC) que contribuem para a alfabetização.

Segundo a coordenadora local, Elizângela Regueira, as palestras sobre avaliação, leitura e escrita foram muito significativas, principalmente o momento das discussões, quando os coordenadores tiveram a oportunidades de esclarecer dúvidas sobre os direitos de aprendizagem.

Entre os compromissos do programa está a realização de avaliações anuais universais, aplicadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), junto aos concluintes do 2º e 3º anos do Ensino Fundamental. O estado, por sua vez, tem o papel de apoiar os municípios na execução das ações do pacto.
O encontro contou com palestras de Elaine Constant, coordenadora geral do PNAIC/RJ (“Avaliação e os direitos da aprendizagem”) e Marlene Carvalho, supervisora do PNAIC/RJ da Região Litorânea (“Leitura e Escrita na sala de aula: saber, fazer e inovar”).