400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

Secretário de Educação reúne pais de alunos na Escola Capitão Costa

Por Mônica Marins em 18/02/2014
Imagem da Notícia: O secretário de Educação Evaldo Bittencourt se reuniu na manhã desta terça-feira (18) com pais de alunos da Escola Municipalizada Capitão Costa, na zona rural. Cerca de cinquenta pais compareceram à reunião que tratou de assuntos referentes à escola e aos alunos.

O secretário de Educação Evaldo Bittencourt se reuniu na manhã desta terça-feira (18) com pais de alunos da Escola Municipalizada Capitão Costa, na zona rural.  Cerca de cinquenta pais compareceram à reunião que tratou de assuntos referentes à escola e aos alunos. A próxima reunião está marcada para o mês de abril.

Evaldo Bittencourt apresentou oficialmente a nova diretora, Geovana Cartaxo e pediu o apoio dos pais ao trabalho da gestora. Geovana já estava trabalhando na escola desde o início do ano letivo, mas ainda não havia sido apresentada formalmente à comunidade escolar.

De acordo com Evaldo, a reunião com os pais no começo do ano letivo faz parte da estratégia de ações da Secretaria de Educação para retomar a credibilidade da escola. Em 2008 a unidade escolar tinha quase 500 alunos e atualmente, 187 crianças estão matriculadas nesta escola. Para o secretário é preciso retomar a credibilidade da “Capitão Costa” entre a comunidade.


Após falar da contratação de professores para a escola, Evaldo informou que a unidade escolar receberá reformas na estrutura e que serão feitas mudanças no refeitório, na cozinha e no pátio. Ele disse ainda que a quadra esportiva está inscrita no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), do governo federal, para receber cobertura, o que deve acontecer este ano.

Ao finalizar o secretário abriu a oportunidade para os pais fazerem suas reivindicações. Um grupo de pais solicitou  ampliação do transporte escolar na localidade.  Evaldo encerrou falando das parcerias da Secretaria de Educação com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e com o Horto Escola Artesanal em projetos que envolvem as escolas da zona rural de São Pedro da Aldeia e acrescentou: “Vamos fazer esta escola brilhar”, concluiu Evaldo.