Brasão da Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia com fita azul dedicado ao mês de Novembro em razão da campanha Novembro Azul.

Trabalho e desenvolvimento

Seminário marca Dia da Visibilidade Trans em São Pedro da Aldeia

Por Renata Souza em 30/01/2018
Imagem da Notícia: Dezenas de servidores municipais da Prefeitura de São Pedro da Aldeia participaram do I Seminário de Capacitação: Direitos, Desafios e Conquistas, realizado pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, direcionado aos profissionais da pasta e da área de Saúde. O evento que teve como objetivo orientar quanto ao atendimento ao público Transexual, marcou o Dia da Visibilidade Trans. Estavam Presentes o Vice-prefeito Mauro Lobo, a Secretária Adjunta Olívia Sá, a Subsecretária de Cultura, Edlúcia Marques, o Diretor Administrativo, Vinícius Lavalle, a Diretora de Recursos Humanos, Fabrine Azevedo e o Coordenador de Políticas Públicas LGBTI, Vitor Jotha.

 

 

Dezenas de servidores municipais da Prefeitura de São Pedro da Aldeia participaram do I Seminário de Capacitação: Direitos, Desafios e Conquistas, realizado pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, direcionado aos profissionais da pasta e da área de Saúde. O evento que teve como objetivo orientar quanto ao atendimento ao público Transexual, marcou o Dia da Visibilidade Trans. Estavam Presentes o Vice-prefeito Mauro Lobo, a Secretária Adjunta Olívia Sá, a Subsecretária de Cultura, Edlúcia Marques, o Diretor Administrativo, Vinícius Lavalle, a Diretora de Recursos Humanos, Fabrine Azevedo e o Coordenador de Políticas Públicas LGBTI, Vitor Jotha.



Mauro Lobo destacou a democracia do diálogo. “Tenho orgulho de ser vice-prefeito da minha cidade, que abre as portas para todo tipo de debate. O ser humano tem que ser atendido bem em qualquer setor. Torço que esse mundo seja mais igual e melhor.  Torço por uma sociedade igualitária, sem preconceito e que o amor prevaleça sempre”, disse.


 

A Secretária Adjunta de Assistência Social e Direitos Humanos, Olívia Sá, parabenizou a diretoria de direitos humanos pela iniciativa. “Desejo que todos se apropriem das informações repassadas. O nosso cuidado é atender bem, quem quer que seja. Iniciamos o nosso trabalho pela nossa secretaria e pela Saúde, mas será estendido a toda rede municipal”, falou.



 Durante a capacitação foram passadas informações sobre identidade de gênero, termos utilizados, orientação sexual, além de esclarecer dúvida. A frente do seminário estavam o ativista transexual e presidente do fórum de ONGs do interior do Rio de Janeiro e presidente da ONG Arraial Free, Théo Silveira e a ativista transexual e advogada, Tatiana Crispim.


 

“São Pedro da Aldeia mais uma vez sai na frente e capacita os funcionários quanto ao atendimento às pessoas Trans. O primeiro atendimento é o mais importante em qualquer órgão público e é lei que todo ser humano tem que ser tratado com dignidade. Aceitar a condição do outro é uma escolha. Respeitar é um dever de todos”, disse Tatiana.


 

Theo Silveira falou sobre as lutas da classe, os desafios enfrentados diariamente, os pequenos avanços e informou que a expectativa de vida das pessoas Trans é de 35 anos. 

 

 

As orientações foram direcionadas aos enfermeiros, recepcionistas, técnicos de enfermagem, profissionais ligados ao Pronto Socorro Municipal e as Secretarias de Saúde e de Assistência Social e Direitos Humanos, que trabalham diretamente no atendimento ao público.