Brasão da Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia.

Trabalho e desenvolvimento

Simulado de evacuação mobiliza alunos da E. M. Vinhateiro em São Pedro da Aldeia

Por Gabrielly Costa em 08/08/2018
Imagem da Notícia: Os alunos do turno da manhã da Escola Municipal Vinhateiro, localizada no bairro de mesmo nome, participaram nessa quarta-feira (08) do Simulado de Evacuação de Abandono de Escolas. Principal atividade do projeto “Escolas Preparadas”, a ação teve como objetivo mostrar a importância da organização e do planejamento durante a evacuação da escola em situações de emergência. O simulado contou com o envolvimento de cerca de 400 pessoas, entre alunos e funcionários da unidade escolar. O projeto é promovido pela Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Defesa Civil. A formatura acontece nesta quinta-feira (09).

Os alunos do turno da manhã da Escola Municipal Vinhateiro, localizada no bairro de mesmo nome, participaram nessa quarta-feira (08) do Simulado de Evacuação de Abandono de Escolas. Principal atividade do projeto “Escolas Preparadas”, a ação teve como objetivo mostrar a importância da organização e do planejamento durante a evacuação da escola em situações de emergência. O simulado contou com o envolvimento de cerca de 400 pessoas, entre alunos e funcionários da unidade escolar. O projeto é promovido pela Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Defesa Civil. A formatura acontece nesta quinta-feira (09).



O diretor da Defesa Civil aldeense, Marcus Dothavio, parabenizou os alunos e todos os envolvidos no projeto. “Estamos na escola há 45 dias promovendo várias palestras que culminaram no Seminário, que foi a nossa prática. Nosso principal objetivo é difundir essa cultura de treinamento em locais públicos, por isso estamos atuando nas unidades. A Defesa Civil de São Pedro da Aldeia vai tentar atuar em todas as escolas do município, porque achamos de grande importância repassar esse conhecimento. Conseguimos fazer uma evacuação muito rápida. Temos 35 alunos dentro da unidade que vão atuar como nossos olhos, sabendo como identificar o risco e atuar diante adversidades”, declarou.



O Simulado de Evacuação teve como cenário um acidente com gás de cozinha, retirando os alunos da sala de aula e reunindo-os no pátio da escola. Na simulação, um aluno atuou como uma vítima com queimaduras de terceiro grau e machucado na cabeça. Com duração de cinco minutos e 17 segundos, a atividade contou com o apoio de socorristas voluntários.



Para a diretora da E. M. Vinhateiro, Elizabeth Oliveira, o projeto teve grande impacto no comportamento dos alunos. “A iniciativa teve uma importância muito grande, principalmente pelos 35 alunos que foram treinados. Selecionamos os estudantes e eles se engajaram nessa participação. Sinto que eles estão muito orgulhosos deles mesmos, porque fizeram com muito empenho e dedicação, perderam a timidez e foram excelentes hoje. Temos alunos indisciplinados como em qualquer escola, mas estamos procurando melhorar a cada dia, com a equipe diretiva, os professores, o pessoal de apoio e os pais que são participativos”, salientou.



Durante a realização do projeto “Escolas Preparadas”, os alunos participaram de palestras sobre suicídio, bullying, engasgamento, combate a incêndio, primeiros socorros, acidentes domésticos, meio ambiente, descarte de lixo e doutrinas da Defesa Civil. Ao lado dos funcionários da unidade, os estudantes passaram por treinamento para o Simulado de Evacuação, realizando a sinalização e divulgando informações sobre o procedimento, e avaliação do conteúdo ministrado.



Aluno do 6º ano, Luan Ferreira, de 11 anos, falou sobre sua participação no projeto. “Achei o conteúdo muito bom, aprendi coisas que eu não sabia e fui aprendendo ainda mais aquilo que já conhecia. Foi bom demais ter esse curso aqui na escola, me incentivou bastante, e também foi muito legal participar do simulado”, disse.



Inédito na Região dos Lagos, o projeto “Escolas Preparadas” tem como meta inicial capacitar 1.200 crianças, com idade entre 6 e 12 anos, para lidar com situações de riscos. 



A Escola Municipal Vinhateiro foi a primeira a participar da iniciativa, que está prevista para seguir até o término do ano letivo vigente. A ação conta com o apoio do Portal Defesa Civil.



Ana Carolina Ribeiro, de 12 anos, aluna do 6º ano, avaliou a iniciativa. “O projeto foi nota 10. Gostei muito de ter participado do Simulado, se acontecer alguma coisa, a gente vai ter como ajudar até chegar algum resgate”, comentou.