400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

Transposição de efluentes vai beneficiar Zona Rural de São Pedro da Aldeia e Iguaba Grande

Por Renato Silveira em 05/06/2013
Imagem da Notícia: O projeto de transposição dos efluentes das Estações de Tratamento de São Pedro da Aldeia e Iguaba Grande para a Zona Rural desses municípios, que foi anunciado durante a visita do secretário estadual do Ambiente Carlos Minc, visa, além de evitar o lançamento de água doce na Lagoa de Araruama, beneficiar o agricultor rural que durante boa parte do ano, principalmente nos meses de inverno, sofre com os baixos índices de chuvas.

O projeto de transposição dos efluentes das Estações de Tratamento de São Pedro da Aldeia e Iguaba Grande para a Zona Rural desses municípios, que foi anunciado durante a visita do secretário estadual do Ambiente Carlos Minc, visa, além de evitar o lançamento de água doce na Lagoa de Araruama, beneficiar o agricultor rural que durante boa parte do ano, principalmente nos meses de inverno, sofre com os baixos índices de chuvas.



O Prefeito de São Pedro da Aldeia e Presidente do Consórcio Ambiental Lagos São João, Cláudio Chumbinho, disse que foram anos de estudos para a conclusão do projeto.


 “Estamos falando de esgoto tratado de forma até terciária, com 95% de pureza e que será lançado nos rios Flexeira e Papicu e não no Rio Una. A maior parte desses efluentes será usada para irrigar a agricultura. Foram anos de estudos para que o Consórcio Ambiental Lagos São João chegasse a um projeto que evitasse o lançamento de água doce tratada na lagoa hipersalina de Araruama, sem prejudicar qualquer outro ambiente, muito menos o Rio Una e Armação de Búzios,” explicou.


De acordo com a secretária do Ambiente, Lagoa e Pesca de São Pedro da Aldeia, Adriana Saad, o projeto só traz benefícios para o meio ambiente e não irá poluir, de forma alguma, nenhum outro município vizinho.