Projeto “Comunidades Preparadas” chega ao bairro Ponta do Ambrósio

A Defesa Civil de São Pedro da Aldeia abriu vagas para mais uma turma do projeto “Comunidades Preparadas”, que visa capacitar moradores para ações de preparação e resposta a desastres. O novo ciclo de palestras será realizado na Escola M. Carlota Rocha da Silva, entre os dias 24 e 26 de setembro, das 19h às 21h30. As inscrições gratuitas são feitas na direção da escola.

Projeto “Comunidades Preparadas” no bairro Rua do Fogo
Foto: Jefferson Viana

De acordo com o coordenador geral de Defesa Civil, Marcus Dothavio, o objetivo é capacitar cerca de 500 moradores em oito comunidades consideradas de risco. “Cada bairro tem uma característica e nós focamos as atividades dentro do que ocorre no local. A principal ocorrência na Ponta do Ambrósio é deslizamento de solo por ter moradias em área de elevação. Nós vamos focar muito nessa questão, como identificar o início de um deslizamento, como proceder para um local seguro e conversar sobre abrigo temporário, entre outras questões”, destacou.

Foto: Jefferson Viana

A programação vai abordar, ainda, temas como noções básicas de Defesa Civil, redução de risco de desastres, primeiros socorros e preservação ambiental; percepção de riscos; comunidades e comportamento resiliente, lei do voluntariado e acidentes domésticos. A capacitação vai orientar os participantes sobre como agir antes, durante e depois de eventos adversos, produtos perigosos e GLP (gás de cozinha) e Plano de Emergência Familiar.

Foto: Jefferson Viana

O projeto “Comunidades Preparadas” busca ampliar o conhecimento da população em todas as etapas da gestão de risco, principalmente a prevenção. As palestras são ministradas por uma equipe multidisciplinar, formada por diversos profissionais. A iniciativa conta com o apoio do Portal Defesa Civil e da Federação Municipal das Associações de Moradores de São Pedro da Aldeia (FEMAMSPA).

Os interessados em promover o projeto em sua comunidade, igrejas e associações de moradores, entre outros espaços, devem entrar em contato com a Defesa Civil, no telefone 2621 6054.

Comentários estão desabilitados

Fechar Acessibilidade