Alunos da zona rural são atendidos com atividades em domicílio

Ação que já vinha beneficiando alunos inclusos, agora passa a ser realizada para os que moram em áreas de difícil acesso de São Pedro da Aldeia.

Buscando facilitar o acesso ao estudo para os alunos que moram na zona rural, o setor de transporte da Secretaria de Educação de São Pedro da Aldeia montou um cronograma de atendimento para levar o material impresso das escolas E. Mz. Elízio da Costa Moreira, no bairro Três Vendas, e da E. M. Dr. Plínio Assis Tavares, localizada no Pau Ferro, até aos domicílios ou em pontos específicos de retirada.

A iniciativa, que é uma forma de alcançar mais alunos com as atividades, começou a ser realizada quando foi notada a dificuldade de deslocamento de pais e responsáveis até as unidades escolares para a retirada do material.

Alunos também recolheram material pedagógico em pontos específicos para retirada.
Foto: Jefferson Viana

O assessor institucional do setor de transportes, Marcelo Lage, contou que é com satisfação que o transporte promove toda a logística de entrega na zona rural e que o trabalho já foi alinhado com as entregas que já existiam nas escolas. “Atento à dificuldade de locomoção, estamos indo além da simples entrega nas escolas. Não estamos poupando esforços, em muitos casos, onde a entrega é realizada diretamente em domicílio. Ficamos muito felizes em contribuir além das nossas atribuições”, finalizou Marcelo.

Atividades estão sendo impressas na gráfica da SEMED e entregue aos alunos.
Foto: Jefferson Viana

A entrega do material aos estudantes já era uma preocupação de Joacirema Medeiros, diretora da E. M. Dr. Plínio Assis Tavares.  Ela lembra a aflição diante as dificuldades que iam além do trajeto longo que as famílias percorriam em busca das atividades impressas. A falta de emprego dos responsáveis e os horários escassos oferecidos pelas companhias de transporte, também faziam com que os alunos ficassem cada vez mais distantes da rotina de estudos durante a quarentena.

E foi então, com a parceria da Secretaria de Educação, que a diretora viu o cenário se transformar. “Somos atendidos e já fizemos a nossa terceira entrega. Tem sido tudo muito abençoado e o retorno do nosso público tem sido muito gratificante. Não é fácil, mas as crianças ficam tão felizes que até se arrumam para irem aos pontos de recebimento das atividades”, disse Joacirema, que acredita que a atitude de carinho é o que alavanca a qualidade da Educação.

Diretora da E. M. Dr. Plínio Assis Tavares participou das entregas.
Foto: Jefferson Viana

Vale lembrar que, toda a entrega vem seguindo um protocolo de higienização, onde todos os envolvidos usam máscara e higienizam as mãos com álcool em gel.

Pais e responsáveis passavam por higienização para receber as atividades.
Foto: Jefferson Viana
Fechar Acessibilidade