Assistência Social alerta sobre suspensão da exigência da inscrição no CadÚnico para recebimento do BPC

A Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de São Pedro da Aldeia informa que, como parte das medidas de enfrentamento ao coronavírus, o Ministério da Cidadania anunciou a suspensão da exigência de adesão ao Cadastro Único para o recebimento do Benefício de Prestação Continuada (BPC/LOAS). As pessoas que recebem o benefício assistencial e ainda não efetuaram a inscrição no CADÚnico não precisarão realizar o procedimento pelos próximos 120 dias. A Secretaria reforça que essas pessoas não terão o benefício bloqueado ou suspenso. Aqueles que já tiveram o benefício bloqueado devem entrar em contato com INSS, por meio da Central de Atendimento 135, para realizar o desbloqueio.

De acordo com a Coordenadora do Programa Bolsa Família em São Pedro da Aldeia, Simone dos Santos, a medida vai evitar que as pessoas saiam de casa. “A portaria tem como objetivo manter o beneficiário em suas residências. O BPC é destinado as pessoas com deficiências ou acima de 65 anos, que fazem parte do grupo de risco”, explicou Simone.  

O Governo também anunciou novo prazo para a realização do cadastro. Os beneficiários do BPC/LOAS com aniversário em setembro, que não fizeram a inscrição no prazo previsto no cronograma, poderão efetuar o cadastro até o dia 30 de junho de 2020. 

Os beneficiários aniversariantes dos meses de outubro a dezembro têm nova data limite de cadastramento, conforme o calendário abaixo:

Fechar Acessibilidade