Campanha de vacinação contra a febre aftosa é prorrogada para o dia 30 de junho

Produtores rurais de São Pedro da Aldeia podem recorrer à Secretaria de Agricultura para receber apoio

A campanha de vacinação contra a febre aftosa de bovinos e bubalinos foi prorrogada para o dia 30 de junho em todo o estado do Rio de Janeiro. Os pecuaristas aldeenses terão até o fim do mês de junho para adquirir e aplicar a vacina em seus rebanhos e até o dia 10 de julho para enviar a declaração de vacinação, acompanhada da Nota Fiscal da compra, ao Núcleo Regional de Defesa Sanitária. Em São Pedro da Aldeia, a sede da Secretaria de Agricultura, Trabalho e Pesca está à disposição dos produtores que encontrarem dificuldade no preenchimento da declaração ou acesso à Internet.

A prorrogação do prazo da campanha, que terminaria no dia 31 de maio, levou em consideração a atual situação de crise causada pela pandemia do coronavírus. Segundo o secretário de Agricultura, Trabalho e Renda, Dimas Tadeu, as determinações continuam as mesmas, de vacinação de bovinos e bubalinos de todas as idades, tendo como meta a imunização o mais próximo de 100% do rebanho.

“A importância dessa etapa de vacinação deve-se ao fato de que, cumpridas as metas estabelecidas pelo Ministério da Agricultura no combate à febre aftosa em 2020 e primeira etapa de 2021, o Rio de Janeiro passará a ser considerado área livre de febre aftosa sem vacinação”, informou.

Até o momento, 32 pecuaristas foram atendidos pela Secretaria Municipal de Agricultura, Trabalho e Pesca no âmbito da campanha e orientados quanto à forma de preenchimento e entrega do relatório da vacinação por meio dos canais digitais disponibilizados pelo Núcleo Regional de Defesa Sanitária. Segundo informações da unidade, aproximadamente 40% dos pecuaristas da cidade já realizaram a vacinação do rebanho.

A comprovação da vacinação é obrigatória e deve ser feita pela Internet ou via aplicativo WhatsApp. Os produtores precisam fotografar ou digitalizar o formulário de declaração preenchido e a Nota Fiscal de compra da vacina e enviar os arquivos para o e-mail ndaararuama.agriculturarj@gmail.com ou via WhatsApp no número (21) 98605-1198. O lançamento da declaração de vacinação também pode ser feito pelo próprio pecuarista de forma online, por meio do Sistema de Integração Agropecuária (SIAPEC3).

Apoio presencial

Os produtores aldeenses que precisarem de qualquerauxílio na entrega ou preenchimento da declaração ou, ainda, de acesso à Internet podem comparecer à sededa Secretaria Municipal de Agricultura todas as segundas ou quintas-feiras domês de junho, no horário das 10h às 16h. Para receber o atendimento, o produtordeve levar a Nota Fiscal de compra e o formulário da declaração. A Secretariafica localizada no Horto Escola Artesanal, na Rodovia Amaral Peixoto, km 107,no bairro Balneário das Conchas.

Fechar Acessibilidade