Capacitação sobre o “Melhor em Casa” reúne profissionais da Atenção Básica

Nesta quarta-feira (09) diversos profissionais da Atenção Básica aldeense se reuniram para participar de uma capacitação sobre o programa federal “Melhor em Casa. O evento está em sua segunda edição e foi realizado no Cine Estação, no Centro. Entre os assuntos abordados na reunião, estiveram a estrutura do “Melhor em Casa”, a equipe multidisciplinar, lei que redefine a atenção domiciliar, trabalho em rede, pacientes que são assistidos pelo programa, relação com o Pronto-Socorro e demais unidades, a importância da desospitalização, entre outros.

créditos: Jefferson Viana

“Gostaria de agradecer a presença de todos vocês, esse é um momento importante. Falamos sobre o que é o ‘Melhor em Casa’, como é feito o trabalho deles, até onde esse serviço vai. Nosso objetivo foi mostrar para os profissionais como é esse funcionamento direto do MEC”, disse a coordenadora geral de Atenção Básica, Jaqueline Tinoco

créditos: Jefferson Viana

Diretor do programa “Melhor em Casa”, Júnior Curcino, explicou o cotidiano do programa e os serviços realizados. “O programa ‘Melhor em Casa’ trabalha em conjunto, pois o paciente não é apenas meu, é de todos os profissionais envolvidos na rede. O programa é um grande parceiro da desospitalização do paciente. Somos o único município da Baixada Litorânea que conta com esse serviço.

créditos: Jefferson Viana

 “As vantagens que a gente percebe com a atuação do programa são imensas, a medida que a gente consegue desocupar um leito de um paciente que pode ter aquele mesmo tratamento em casa, podemos atender outra demanda. Quando o programa entra no sentido de desospitalizar esse paciente, a gente consegue obter como resultado uma rotatividade no leito, dessa forma atender o usuário mais grave que precisa estar no PS naquele momento. Para o Pronto-Socorro é um serviço muito importante, pois impacta diretamente na nossa rotina”, disse a assistente social do Pronto-Socorro Municipal, Paula Mattos Nascimento.

créditos: Jefferson Viana

Comentários estão desabilitados

Fechar Acessibilidade