Coordenadora pedagógica aponta avanços em planos da Educação durante reunião com diretores escolares

A partir de agora, a Educação passa da fase de planejamento para a execução de ações. Avanços e sugestão para o novo cenário vivido pelas escolas foram abordados durante uma reunião na manhã da última terça-feira (09), na qual a Coordenadora Pedagógica, Daiana Quintanilha, pontuou com os diretores da Rede Municipal de Ensino todo o desenvolvimento relacionado às atividades não presenciais oferecidas aos alunos como forma de contabilização de carga horária.

A reunião, que também contou com a presença dos coordenadores pedagógicos da SEMED, aconteceu via Google Meet e teve como pauta o plano de ação, que consta toda a dinâmica de trabalho do profissional da Educação.

Daiana falou sobre o acompanhamento do plano de ação e da nova forma de atendimento aos alunos com as atividades não presenciais e como esse cenário é novo para todos os envolvidos no processo educativo de cada escola. “Todos estão enfrentando um novo tempo de trabalho, e esse tempo requer certos cuidados, certos atendimentos e esses encontros são importantes, para que possamos atender às dúvidas, anseios e angústias, que vão aparecendo com o decorrer do processo com as escolas, diretores e professores. Juntos, podemos trabalhar em cima dessas dificuldades sinalizadas. Nós, como Rede de Ensino, temos um foco para um objetivo, que é atender aos nossos alunos da Rede Pública da melhor maneira que for dentro das possibilidades e impossibilidades apresentadas”, afirmou. 

Além do plano de ação, a reunião foi uma forma de abrir espaço para sugestões. Uma delas, foi a criação de grupos de whatsapp, nos quais o docente usaria um chip à parte e teria horários de atendimento ao aluno e responsável para sanar possíveis dúvidas referentes  às atividades que serão distribuídas em formas de kits impressos, a partir da segunda quinzena do mês de junho. Outra sugestão foi para que os profissionais disponibilizassem, via Facebook da escola, links e pequenos vídeos instrutivos relacionados ao conteúdo trabalhado.

 Vale lembrar que todas as ações realizadas foram orientadas por um conjunto de diretrizes do Conselho Nacional de Educação (CNE), homologado no dia 29 de maio pelo Ministério da Educação (MEC).

Esse conjunto sugere que sejam buscadas alternativas para se minimizar a necessidade de reposição presencial de dias letivos, a fim de permitir que seja mantido um fluxo de atividades escolares aos estudantes enquanto durar a situação de emergência.

Ao final da reunião, foi aberto um espaço para que os diretores expusessem todas as especificidades de cada escola e foi garantido que todos os profissionais terão apoio do assessoramento pedagógico no desenvolvimento das ações durante este período. Na manhã desta quarta-feira (10), um segundo grupo de diretores também participaram de uma reunião que continha a mesma pauta.

Fechar Acessibilidade