Dia D de vacinação contra o Sarampo movimenta Unidades de Saúde em São Pedro da Aldeia

No último sábado (19), a Prefeitura de São Pedro da Aldeia abriu as unidades de saúde municipais para realização do Dia D de vacinação contra o Sarampo. A mobilização teve como objetivo imunizar crianças de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias). No município aldeense, cerca de 20 postos vacinaram a população. A imunização para o público infantil segue até o dia 25 de outubro. No ato da vacinação é necessária apresentação do cartão do SUS da criança e a caderneta de vacinação.

créditos: Jefferson Viana

“O Dia D de vacinação contra o sarampo deu continuidade a um trabalho de promoção em saúde, neste caso, com as crianças. Continuaremos vacinando até o dia 25, é necessário reforçar que quem já foi imunizado não precisa retornar aos postos para novas doses”, disse a secretária de saúde, Francislene Casemiro.

créditos: Jefferson Viana

De acordo com a operacionalização definida pela Secretaria de Vigilância em Saúde, do Governo Federal, a campanha será dividida em duas etapas. Após o prazo da imunização infantil, os municípios abrirão a vacinação para adultos jovens não vacinados, dentro da faixa etária de 20 a 29 anos. O dia D de mobilização para esse grupo será em 30 de novembro.

créditos: Jefferson Viana

Mãe de duas meninas, Jéssica de Souza falou sobre a vacinação. “Minhas filhas não precisaram tomar outra dose pois já estavam imunizadas, vim ao posto para que avaliassem a caderneta. Espero que quem ainda não esteja com os filhos protegidos levem ao posto. As campanhas são importantes e garantem uma proteção a mais para as crianças”, disse.

créditos: Jefferson Viana

Segundo o Ministério da Saúde, o Sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente tossefalaespirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é por meio da vacina. Em torno de 3 a 5 dias, podem aparecer outros sinais e sintomas, como manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas que, em seguida, se espalham pelo corpo. Após o aparecimento das manchas, a persistência da febre é um sinal de alerta e pode indicar gravidade, principalmente em crianças menores de 5 anos de idade. 

créditos: Jefferson Viana

O MS, juntamente com as Secretarias Estaduais e Municipais, está realizando a campanha nacional de vacinação contra o Sarampo conforme as normas do Programa Nacional de Imunizações (PNI).

Comentários
Fechar Acessibilidade