Feira do Livro oferece exemplares a preços populares em São Pedro da Aldeia

Feira do Livro oferece exemplares a preços populares em São Pedro da Aldeia

A Praça Hermógenes Freire da Costa, no Centro de São Pedro da Aldeia, ficou movimentada nesta quarta-feira (04) com a abertura da Feira do Livro Double. Centenas de livros para os públicos infantil, juvenil e adulto já estão expostos no local a preços populares, na compra de um livro, o leitor ganha outro. A estrutura ficará montada até o dia 08 de março, das 10h às 22h. Além da venda de exemplares, a programação inclui Festival de Contação de Histórias, exposição de pinturas e palestras na Casa da Cultura e uma série de atividades culturais, recreativas e apresentações de música, dança e teatro no palco da praça. O projeto é uma iniciativa da Associação Internacional de Escritores e Artistas (Literarte) e conta com o apoio da Prefeitura. A entrada é gratuita.

Foto: Renato Fulgoni

“O governo Cláudio Chumbinho abraçou a feira Literarte e agregou várias secretarias para dar todo o suporte. É um evento sem custos para a Prefeitura e que visa tornar a literatura acessível e fomentar a tiragem de livros, porque quando o leitor compra uma obra, ele ganha outra. É um movimento diferenciado na nossa cidade e tem várias atrações para todas as idades e públicos. Esperamos que a feira seja um sucesso”, destacou a secretária adjunta de Cultura, Edlúcia Marques.

Foto: Renato Fulgoni

A feira conta com a participação especial de escritores aldeenses e de diversas partes do país, como Rio Grande do Sul e Norte, para sessões de autógrafo e bate-papo literário. Entre os destaques da programação estão, ainda, a exposição de artes plásticas “Mulheres”, já aberta à visitação, das 9h às 17h, na Casa da Cultura Gabriel Joaquim dos Santos; entrega do Prêmio Cidade de São Pedro da Aldeia de Literatura e de Artes e do Fórum contra o Feminicídio, que acontecerão na sexta-feira (06); e a realização do concurso de Cosplay e K-pop, marcado para o sábado (07).

Foto: Renato Fulgoni

Presidente da Literarte e responsável pela organização do evento, Izabelle Valladares falou sobre a realização do projeto na cidade. “Temos mais de 100 escritores confirmados para estarem presentes e vamos colocar mais de 10 mil livros à venda. Temos uma literatura infantil bem variada e temos também um espaço da Secretaria de Cultura com os autores locais, que vale a pena prestigiar. A ideia é transformar São Pedro da Aldeia em uma referência literária como aconteceu com Paraty e fazer com que o aldeense realmente entre nesse universo literário e cultural contemporâneo”, disse.

Cerca de 100 escritores de diversas partes do país fazem parte do evento
Foto: Renato Fulgoni

De Porto Alegre-RS, a poetisa Bernadete Saidelles é uma das expositoras da Feira. “Participo com a Literarte de vários eventos, estivemos na Europa, em Roma, Buenos Aires, Sevilha, na Feira do Livro de Genebra, na Bienal do Rio e, recentemente, em Washington, nos Estados Unidos. A gente vem fazendo esse trabalho de divulgação da literatura brasileira, reunindo vários escritores que estão fazendo a diferença e aqui em São Pedro da Aldeia não poderia ter lugar melhor do que essa praça, próximo a lagoa; não existe nada mais poético do que isso. Esperamos que essa seja a primeira de muitas edições na cidade”, destacou a autora, que acumula em seu currículo mais de cinco mil poemas publicados.

Foto: Renato Fulgoni

Entre os livros em exposição estão “São Pedro da Aldeia: 400 anos”, do pesquisador e escritor aldeense Geraldo Ferreira. Cerca de 200 exemplares da obra estarão à disposição dos visitantes para aquisição gratuita. “Escrevi sobre a história de São Pedro da Aldeia, em comemoração ao quarto centenário da cidade, é um livro inédito com o grande objetivo de estimular as novas gerações a aprofundarem as pesquisas e verificarem a colaboração dos nossos antepassados para a formação da nossa cultura e da nossa história. O livro vai ser distribuído gratuitamente para todos aqueles que tiverem interesse”, disse.

Foto: Renato Fulgoni

Morador do Centro da cidade, o empreendedor social Alex Fabiano de Almeida foi um dos primeiros leitores a comparecer ao primeiro dia de feira na praça. “Fomentar o hábito de ler livros é muito importante, principalmente entre as crianças. Este ano, quero publicar o meu primeiro livro infantil de Natal e vim para aprender com os escritores, organizadores da feira e todos aqueles que já vivem esse meio. Fui muito bem recebido, tive a oportunidade de conversar com o senhor Geraldo, outros escritores e foi uma experiência ótima”, afirmou.

Exposição de artes “Mulheres” também faz parte da programação da feira
Foto: Renato Fulgoni

O encerramento da feira, no dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, também será marcado por atividades especiais na Casa da Cultura. A programação completa da “Feira do Livro Double” está disponível no site  www.feiradolivrodouble.com.br.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Categorias
Fechar Acessibilidade