Palestra na Casa da Cultura discute história, direitos e identidade negra

Como parte da programação da Feira do Livro Double, a Casa da Cultura Gabriel Joaquim dos Santos recebeu, na noite desta quarta-feira (04), a palestra “Impacto Negro”. A iniciativa atraiu moradores, visitantes, ativistas e autoridades, que lotaram o salão principal da Casa. O conteúdo abordou a luta histórica da população negra, a conquista de direitos, o combate a descriminação racial, cultura africana, empoderamento e fortalecimento da identidade negra. O evento contou, ainda, com apresentações especiais do Coral “Vozes da Aldeia” e da oficina de dança da Escola de Artes Municipal.

Foto: Divulgação Literarte

A palestra foi ministrada pela jornalista e presidente da Associação Internacional de Escritores e Artistas (Literarte), Izabelle Valladares, por ocasião do lançamento da sua obra literária “Impacto Negro – Documentário Biográfico sobre personalidades negras que não constam no livro didático”.

Foto: Renato Fulgoni

O conteúdo abordou um breve panorama da trajetória dos negros no Brasil, a história de resistência às opressões, a política de cotas raciais, as práticas discriminatórias e a valorização dos heróis e heroínas que lutaram pelo combate a escravidão e conquista de direitos em prol da população negra.

Foto: Divulgação Literarte

“Falar sobre empoderamento negro é mudar a imagem que a sociedade tem sobre a pessoa negra. Antigamente, as imagens do povo negro eram associadas ao sofrimento e a escravidão e não como uma figura heroína. Muitos negros foram heróis e se revoltaram contra a escravidão e isso não era dito na época justamente para tirar o poder deles. A ideia foi levantar reflexões, falar sobre autoestima e desmistificar esses estereótipos”, afirmou Izabelle.

Foto: Divulgação Literarte

O evento contou com o apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria Adjunta de Cultura. “Foi um momento de muito aprendizado para todos que estiveram presentes, contamos com a participação de artistas e escritores que fazem parte da Feira do Livro. Foi uma verdadeira aula sobre a história e a luta dos negros, discriminação racial e combate a retaliações que, infelizmente, ainda acontecem nos dias de hoje”, afirmou a secretária da pasta, Edlúcia Marques.

Foto: Divulgação Literarte

A palestra na Casa da Cultura contou com a participação especial da desembargadora Luislinda Valois, primeira juíza negra brasileira e ex-ministra de Direitos Humanos no Governo de Michel Temer. A programação de palestras continua nesta sexta-feira (06) com a realização do Fórum Literarte contra o Feminicídio – Ações e Soluções, na Praça Hermógenes Freire da Costa, na Praia do Centro, a partir das 19h30.

Foto: Divulgação Literarte
Fechar Acessibilidade