Personalidades aldeenses são homenageadas com comenda Luislinda Valois

O trabalho realizado pela Prefeitura de São Pedro da Aldeia em prol de políticas sociais, culturais e educativas foi reconhecido pela Associação Internacional Escritores e Artistas (Literarte). A homenagem, com a entrega da comenda Luislinda Valois, integrou a programação da Feira do Livro Double e foi realizada em sessão solene na Câmara Municipal. Ao todo, dez personalidades aldeenses, entre gestores públicos, artistas e escritores, foram homenageadas.

O secretário de Governo, Eronildes Bezerra, recebeu a comenda das mãos da ex-ministra de Direitos Humanos, Luislinda Valois
Foto: Jefferson Viana

O secretário municipal de Governo, Eronildes Bezerra, foi agraciado com uma comenda e recebeu, ainda, a honraria em nome do prefeito Cláudio Chumbinho. “Nos sentimos lisonjeados e extremamente envaidecidos com a presença da desembargadora Luislinda Valois e com o projeto maravilhoso da Feira do Livro. Quero agradecer por esse momento e dizer que as portas de São Pedro da Aldeia estarão sempre abertas. Juntos somos mais fortes, principalmente se tivermos como elo de fortaleza a educação e a cultura”, destacou o secretário.

Foto: Jefferson Viana

Representando a pasta da Cultura, a secretária adjunta Edlúcia Marques também foi agraciada. “Dedico essa homenagem a cidade de São Pedro da Aldeia, porque é por ela que nós trabalhamos e é por ela que buscamos cada dia mais valorizar a arte e a cultura”, complementou a gestora.

Foto: Jefferson Viana

Nascida em Salvador, na Bahia, Luislinda Dias de Valois Santos é filha de uma lavadeira, de um motorneiro de bonde e neta de um escravizado. Em 1984, tornou-se juíza, sendo autora da primeira sentença de condenação por racismo no país, em 1993. Em 2003, criou o projeto “Balcão de Justiça e Cidadania”, para resolução de conflitos em áreas pobres de Salvador.

Foto: Jefferson Viana

“Me senti muito honrada e gratificada quando recebi a notícia da comenda e levei o nome de São Pedro da Aldeia para alguns cantos do Brasil onde estive, comuniquei, inclusive, no exterior. Fui muito bem recebida na cidade, me senti em paz e em segurança, as pessoas são acolhedoras por excelência”, destacou a magistrada, que recentemente esteve em cidades como Alemanha, Itália, Áustria e no Escritório das Nações Unidas, em Genebra.

Foto: Jefferson Viana

Reconhecimento

A comenda Luislinda Valois foi criada pela Resolução n° 1735/2020, sob égide da Literarte. “Esta honraria não é apenas um prêmio aos seus indicados, mas uma homenagem a grande mulher que essa comenda representa. A doutora Luislinda Valois já tem o seu nome selado na história, é uma pessoa que se destaca por seu trabalho em prol, principalmente, dos invisíveis, daqueles que são a minoria, as vítimas de preconceito. Por todo esse trabalho, nós decidimos homenageá-la em vida e acredito que tenha sido um momento muito marcante para todos que receberam essa comenda”, destacou a presidente da Associação, Izabelle Valladares, responsável por mediar a sessão.

Foto: Jefferson Viana

A sessão solene também foi marcada pela entrega de medalhas e certificados do “Prêmio Cidade de São Pedro da Aldeia de Literatura e de Artes” aos participantes da Feira do Livro Double. O escritor, jornalista, fotógrafo e acadêmico, Renato Fulgoni, um dos integrantes do time de escritores da Feira, foi homenageado e destacou a importância da literatura.

O escritor aldeense Renato Fulgoni foi um dos homenageados na sessão
Foto: Jefferson Viana

“Estou muito feliz porque é o primeiro prêmio literário que recebo. Através da literatura o leitor tem mais chance de absorver conhecimento e dessa forma evoluir. Nossa missão, como escritor, é levar esse conhecimento através de nossos livros, enriquecendo a sociedade com sabedoria, cultura e novas oportunidades”, afirmou o escritor.

Fechar Acessibilidade