Plataforma Tecnológica de Ensino tem acesso restrito apenas a alunos da rede municipal

Categorias

Plataforma Tecnológica de Ensino tem acesso restrito apenas a alunos da rede municipal

Desde a última segunda-feira (01), a plataforma tecnológica de Ensino de São Pedro da Aldeia teve seu acesso restrito apenas aos alunos da Rede Municipal. A medida é uma das orientações de um conjunto de diretrizes do Conselho Nacional de Educação (CNE), homologado no dia 29 de maio pelo Ministério da Educação (MEC).

Esse conjunto sugere que sejam buscadas alternativas para se minimizar a necessidade de reposição presencial de dias letivos, a fim de permitir que seja mantido um fluxo de atividades escolares aos estudantes enquanto durar a situação de emergência. A restrição de acessoa a plataforma foi iniciada após o parecer do Conselho Municipal de Educação (CME), que regulamenta as atividades não presenciais como complementação de carga horária no período de suspensão emergencial de aulas em virtude da pandemia do COVID-19.

Para entrar na plataforma, o aluno deverá possuir um login, que será feito após o cadastro onde serão solicitadas informações como o nome da escola na qual o aluno estuda, o segmento de ensino, ano, nome, e-mail e senha. Caso o aluno esqueça a senha de acesso, ele deverá clicar em “esqueci minha senha”, que automaticamente irá disparar um e-mail para o endereço selecionado para login, onde constará a senha recuperada.

Após o cadastro, os dados serão validados a partir de uma pesquisa feita sobre as informações cedidas, para confirmar se o acesso vem de um aluno da Rede ou não. Caso não seja, o acesso será banido.

Acesso gratuito

O acesso à plataforma de ensino é gratuito. A família do aluno não terá nenhum custo para acessar, fazer cadastro ou gerar e-mail. Se a pessoa não tiver um e-mail próprio e estiver com alguma dificuldade de acesso a e-mails, a Secretaria de Educação dispõe de um convênio com a Google na plataforma Google for Education, que permite, se for o caso, criar um e-mail para cada um dos 13.055 alunos da Rede Municipal. Sendo assim, toda questão que envolve a plataforma é gratuita e todas as opções são de maneiras intuitiva, fazendo com que a pessoa consiga realizar o cadastro com facilidade.

Vale também ressaltar que os alunos que não possuírem acesso à internet, terão o material pedagógico de forma impressa, que começará a ser distribuído, em breve, nas escolas e seguindo todos os protocolos de segurança a fim de evitar o contágio do novo Coronavírus

Segundo o secretário de Educação, Alessandro Teixeira Knauft, a adequação da plataforma digital é uma forma de avançar com as decisões que já foram autorizadas pelo MEC e a necessidade de identificação dos alunos configura a iniciativa como complementação de carga horária. “Não basta mais só o aluno de São Pedro da Aldeia acessar e a gente não saber quem está acessando ou qual escola ele está matriculado e qual série ele está atuando. A partir de agora, começamos a saber quem é quem na nossa plataforma e isso também será analisado por nossa equipe de estatísticas, que irá realizar a validação, semanalmente, para saber se aquela pessoa cadastrada corresponde àquela série ou turma”, afirmou Alessandro.

Sobre os acessos

A plataforma foi criada dia 17 de abril e, até o momento, alcançou 586.252 acessos. Foi apontado também, que a forma mais utilizada para acesso foi via celular, seguindo de computador e tablet. As estatísticas apontam visitantes de várias cidades do Brasil, Estados e também de outros e países.

 Confira abaixo o rankings de acesso:

Municípios

São Pedro da Aldeia: 244.745 acessos
Cabo Frio: 190.283 acessos
Rio de Janeiro: 43.225 acessos
Araruama: 15.750 acessos
Armação dos Búzios: 12.813

Estados (usuários ativos)

Rio de Janeiro: 14.283
São Paulo: 630
Minas Gerais: 480
Distrito Federal: 324
Bahia: 201

Países (usuários ativos)

Brasil: 16.581
Estados Unidos: 134
Argentina: 45
Outros países através de acesso por aba privada: 4
Canadá: 3

Mapa aponta estados e países que acessaram a Plataforma Tecnológica de Ensino de São Pedro da Aldeia
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Fechar Acessibilidade