Categorias

Prefeitura aldeense fiscaliza funcionamento do comércio

A Fiscalização de Posturas da Prefeitura de São Pedro da Aldeia, com acompanhamento da Guarda Civil Municipal e da Policia Militar, realizou, nesta segunda-feira (23/03) operação de fiscalização para cumprimento do decreto nº 26, assinado no último sábado pelo prefeito Cláudio Chumbinho, que ordenou o fechamento de estabelecimentos comerciais que não prestam serviços essenciais. Até às 16 horas, foram fechados, sem resistência dos comerciantes, 15 estabelecimentos.

Renato Fulgon

Embora até a data de hoje o município não ter nenhum caso confirmado de coronavírus, a medida integra o conjunto de ações preventivas do município frente à pandemia do Covid-19. A fiscalização ocorreu nos bairros Centro, São João, Campo Redondo e Fluminense.

Renato Fulgon

De acordo com o chefe em exercício da Fiscalização de Posturas, Lucas Azevedo, a orientação recebida e repassada aos comerciantes é para que eles mantenham seus estabelecimentos fechados por 15 dias e que não insistam, pois poderão sofrer penalidades.

Renato Fulgon

“No caso de reincidência, o estabelecimento poderá ter o alvará cassado e responder processo administrativo. Estamos orientando para que todos cumpram o decreto, pois o momento requer a colaboração da população” explicou Lucas.

Renato Fulgon

A secretária de Ordem Pública, Leila Neves, que acompanhou a operação, explicou o papel da Guarda Civil Municipal na garantia do cumprimento do decreto.

“Estamos aqui para garantir o cumprimento do decreto e o trabalho da equipe de Postura, com o apoio indispensável da Polícia Militar” afirmou.

A professora Regina Gouveia parabenizou o trabalho da equipe e o decreto municipal, pois o momento é de prevenção, para que não aconteça o pior. “Tem muita gente que não está levando isso a sério, mas a situação é grave e aqui ainda temos tempo de evitar o pior. O prefeito está certo com essas medidas” disse.

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia reitera a importância de que todos fiquem em casa neste momento, para evitar a disseminação do vírus e a sobrecarga no sistema de Saúde.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Fechar Acessibilidade