Profissionais da Secretaria de Educação participam de curso da Cruz Vermelha Brasileira

A Secretaria Municipal de Educação e a Cruz Vermelha Brasileira, filial São Pedro da Aldeia, capacitaram 2 servidores da pasta para o atendimento inicial ao trauma e o controle de sangramento de vítimas de lesão. O curso “Stop The Bleed” buscou instruir e capacitar pessoas com pouco ou nenhum treinamento e foi realizado no CEFOR, localizado no prédio da Semed.

No curso, que teve duração de 3 horas, os alunos aprenderam a identificar uma hemorragia com potencial risco de vida, a fazer o uso correto de torniquetes de extremidades e juncionais, bandagens hemostáticas e realizaram atividades práticas para reforço do aprendizado teórico.

O gestor do departamento de Primeiros Socorros da Cruz Vermelha aldeense, André Luiz, falou sobre a importância do curso. “A maior causa de morte no mundo em acidentes é justamente a perda de sangue; esse programa visa capacitar pessoas para intervir nessas hemorragias severas de imediato. Quanto mais pessoas forem capacitadas, mais mortes podem ser evitadas. Não precisa ser um médico, enfermeiro, bombeiro ou socorrista para conter uma hemorragia. Basta ter autocontrole e o conhecimento necessário para isso e, assim, fazer a diferença na vida de pessoas que venham a precisar desse tipo de atendimento”, comentou.

O projeto do curso foi idealizado pelo Comitê Americano de Trauma, Colégio Americano de Cirurgiões, EMT e TCCC, após sucessivas tragédias nos EUA, com o intuito de ensinar a população civil a fornecer uma resposta inicial vital em casos de emergências. No Brasil, os instrutores credenciados são capacitados junto a centros referenciados, como o Comitê de Trauma Brasileiro.

Fechar Acessibilidade