Projeto “Bordado Solidário” entrega cobertores para a Assistência Social

O projeto “Bordado Solidário” realizou, nesta quinta-feira (08), a entrega de 20 cobertores para a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos. O material foi adquirido graças ao valor arrecadado com a venda de artesanato na Praça João Torres, no Centro da cidade. Os cobertores serão encaminhados às famílias em situação de vulnerabilidade social, atendidas pelos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) do município. Lançada no início do mês de julho, a feirinha de bordados reúne artesãs locais e alunas do curso de bordado da Casa da Cultura que, juntas, formam um grupo de trabalho voluntário. O projeto é uma iniciativa da Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria Adjunta de Cultura, e continua durante todo o mês de agosto, sempre às quintas-feiras, das 14h às 16h. Entre as peças à venda estão chaveiros, bolsas, mandalas, itens de decoração, telas e acessórios diversos, com preços a partir de R$ 2.

Foto: Renato Fulgoni

Presente na entrega dos cobertores, a secretária adjunta de Cultura, Edlúcia Marques, que também integra o grupo de bordadeiras, falou sobre o momento especial. “Nós bordadeiras estamos muito felizes porque estamos vendo um sonho sendo realizado. A nossa intenção é contribuir com o trabalho desenvolvido pela Secretaria de Assistência Social, trazendo amor e aquecendo o coração e a vida das pessoas que mais precisam. Esperamos poder contribuir ainda mais e promover outras campanhas solidárias”, destacou.

Foto: Renato Fulgoni

Além da venda e da exposição de peças artesanais, a feirinha semanal de bordados promove, ainda, música e sarau literário, com atividades abertas ao público. Aluna do curso de bordado e artesã autônoma há mais de 20 anos, Luciene Ezídia dos Santos é participante assídua do projeto. “Agradeço à Casa da Cultura por dar essa oportunidade para a gente, de se divertir, de produzir e ajudar as pessoas. Eu faço tratamento para depressão e para mim isso é uma terapia, tem me ajudado muito. Já trabalho com bolsas em patchwork e fiz algumas doações em prol dessa causa social. Participar do grupo e da campanha tem sido uma felicidade”, salientou a moradora do bairro Rua do Fogo, de 56 anos.

Foto: Renato Fulgoni

Na ocasião, a secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Ester Marques, enalteceu a iniciativa. “Para nós da Assistência Social é um prazer estar recebendo essa doação, que é resultado de uma excelente parceria com as artesãs e a Casa da Cultura. O trabalho das bordadeiras é muito bonito e, ao mesmo tempo, elas têm esse intuito de ajudar as crianças e as famílias que necessitam no momento do frio. Vamos encaminhar essas doações para os nossos equipamentos, o Abrigo, os CRAS, e onde houver necessidade”, ressaltou.

Foto: Renato Fulgoni

Mais informações sobre como participar do projeto “Bordado Solidário” e inscrições para o grupo de bordadeiras da Casa da Cultura Gabriel Joaquim dos Santos podem ser obtidas pelo telefone (22) 2625 5167 ou pelo e-mail casadaculturapmspa@gmail.com.

Foto: Renato Fulgoni

Também participaram da entrega dos cobertores as diretoras municipais de Cultura, Rosângela Guimarães e Isis Monteiro.

Comentários estão desabilitados

Fechar Acessibilidade