Secretário de Governo participa de audiência pública da Alerj em Macaé

O secretário de Governo de São Pedro da Aldeia, Eronildes Bezerra, participou, na última terça-feira (19), de uma audiência pública, promovida pela Comissão de Minas e Energia da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). O evento aconteceu no plenário do Palácio Cláudio Moacir de Azevedo, em Macaé, onde foram discutidos temas, como a política de reinvestimento na exploração e produção de petróleo e gás na Bacia de Campos, geração de empregos e royalties. A audiência foi presidida pelo vice-presidente da Comissão de Minas e Energia, o deputado estadual Welberth Rezende.

Foto: Renato Fulgoni

“A gente já ouvia falar que o petróleo é finito, só que agora isso se tornou tangível. Estamos vendo que os campos estão sendo cada dia mais afetados pela atividade de extração. Essa audiência mostrou que hoje a produção em campos maduros de petróleo, aqueles que já foram explorados por muito tempo, caiu em 36% e que a arrecadação dos royalties também sofreu uma queda, de 48%. Isso afeta a todos, porque quando se diminui a capacidade de produção de petróleo, se diminui os royalties que são distribuídos entre os municípios. Com isso, não só São Pedro da Aldeia perde, mas todo o Estado do Rio”, destacou o secretário de Governo, Eronildes Bezerra.

Foto: Renato Fulgoni

Entre os assuntos abordados durante a audiência pública, estiveram o declínio de 60% na produção da Bacia de Campos nos últimos 10 anos e o potencial de produção de petróleo para a próxima década. Localizada na costa norte do estado do Rio, a Bacia de Campos já foi responsável por mais de 80% da atividade petrolífera nacional.

Foto: Renato Fulgoni

Também foram debatidas as novas perspectivas do mercado offshore nacional e a proposta de revitalização dos campos maduros da Bacia de Campos como uma alternativa viável capaz de injetar investimentos, gerar novos contratos e reaquecer o mercado de trabalho regional a curto e médio prazos, além de novas alternativas que possam estimular a indústria de óleo e gás em todo o Estado.

Estiveram presentes no plenário representantes da Agência Nacional do Petróleo (ANP) Marcelo Castilhos; da Comissão de Minas e Energia da Alerj, deputado estadual Welberth Rezende; deputado estadual Chico Machado; gerente geral da Petrobras Suen Marcet; e Pedro Alem Filho, Gerente Executivo de Áreas Terrestres, Águas Rasas e Política Industrial no Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP); representantes da Organização Municipal dos Municípios Produtores de Petróleo (Ompetro); Firjan; Terminal Portuário de Macaé; SindPetro NF; Associação Comercial de Macaé (ACIM); entre outras instituições e empresas do setor.

Fechar Acessibilidade