Urbanização da orla da Praia do Centro avança com calçamento

Urbanização da orla da Praia do Centro avança com calçamento

Principal ponto turístico de São Pedro da Aldeia está recebendo estrutura necessária para atender população e visitantes

Falta pouco para a conclusão das obras de urbanização da orla da Praia do Centro. A etapa de pavimentação intertravada, feita por meio da colocação de bloquetes coloridos, já está na fase final, assim como o acabamento dos decks construídos no local. O principal cartão-postal de São Pedro da Aldeia vai oferecer a moradores e turistas um espaço com mais conforto, segurança e qualidade de vida.

Urbanização da orla da Praia do Centro
Foto: Renato Fulgoni

O prefeito Cláudio Chumbinho visitou a obra nesta sexta-feira (25/09) e acompanhou de perto as intervenções feitas no local. “Estamos na reta final da construção desse calçadão, que é a realização de um grande sonho, meu e da população. São Pedro da Aldeia agora tem uma orla urbanizada, trazendo qualidade de vida para as pessoas e um espaço com mais conforto e segurança para a prática de exercícios”, afirma.

Prefeito acompanhou as obras de urbanização da orla
Foto: Renato Fulgoni

A construção da Orla compreende os trechos entre os bairros Centro e Estação. Foram feitos cinco decks de madeira ao longo da orla e estão sendo instalados 43 postes de iluminação, feitos de aço e com sete metros de altura. De acordo com o projeto de urbanização, a orla do Centro contará, ainda, com cestas de lixo, bancos e rampas de acesso à praia. 

Foto: Renato Fulgoni

Além das 21 árvores da espécie coqueiro-da-Bahia, plantadas no local pela Secretaria de Meio Ambiente, o projeto paisagístico do espaço vai contemplar o plantio de gramados e plantas. Os aldeenses adeptos do ciclismo terão a opção de usar o pavimento vermelho do calçadão como ciclovia, para um deslocamento mais seguro às margens da Rodovia RJ-140.

Foto: Renato Fulgoni

Os bloquetes coloridos utilizados na pavimentação da Orla são frutos de tendências da Arquitetura e Urbanismo, de fácil instalação e manutenção. Comumente utilizadas em projetos paisagísticos, as pedras portuguesas retiradas no trecho final da obra foram levadas para sede da Secretaria Municipal de Serviços Públicos e serão reaproveitadas em outro espaço público.

Foto: Renato Fulgoni

Antes das obras, o local não contava com nada além da faixa de areia, o que obrigava alguns moradores adeptos da caminhada a andar pelo acostamento da Rodovia. A partir da urbanização, os cidadãos terão mais conforto e segurança em seus momentos de lazer.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Categorias
Fechar Acessibilidade