Campanha de Vacinação contra Influenza termina nesta sexta-feira (14)


A
Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Saúde, informa que
a Campanha de Vacinação contra a Influenza se encerra nesta sexta-feira (14).
Para quem faz parte do público-alvo e ainda não se imunizou, as doses estão
disponíveis em todas as unidades de saúde, com exceção
de Três Vendas e Orquídeas. A Sala de Vacinas, no Centro, também está
oferecendo a imunização. Após o encerramento da campanha, as doses restantes serão disponibilizadas para a população em geral. Os postos aldeenses funcionam das 7h às 16h.



De acordo com orientações do Ministério da Saúde, além de
professores, o público-alvo para a campanha envolve crianças de seis meses a
menores de seis anos de idade (cinco anos, 11 meses e 29 dias), gestantes,
puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto), pessoas com 60 anos de idade
ou mais, povos indígenas e trabalhadores de saúde. Também devem se vacinar adolescentes e
jovens de 12 a 21 anos de idade sob medida socioeducativa e população privada
de liberdade, além de funcionários do sistema prisional e portadores de doenças
crônicas não transmissíveis e outras condições especiais, independentemente da
idade. Para este último grupo, a apresentação da prescrição médica,
especificando o motivo da indicação, é obrigatória e deverá ser feita no
ato da imunização. A vacina também está sendo ofertada aos
policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das
Forças Armadas.



A Influenza:

A
Influenza é uma doença viral febril, aguda, comumente conhecida
como gripe, caracterizada por sintomas como febre, tremores, dores de
cabeça, dor de garganta e rouquidão, além de alterações respiratórias, como
tosse seca e coriza. Existem três tipos de vírus Influenza: A, B e C. O vírus
Influenza C causa infecções respiratórias brandas, sem causar impactos na saúde
pública ou estar relacionado com epidemias. Já os vírus A e B são responsáveis
por epidemias sazonais. O vírus Influenza A é classificado ainda em subtipos
H1N1 e H3N2, além do H7N9. A transmissão
ocorre pelo contato com pessoas infectadas, ao tossir, espirrar ou falar. Pode
ser transmitida, ainda, indiretamente pelas mãos, após contato com superfícies
contaminadas por secreções respiratórias.

 

Contra-Indicações:


contraindicação para pessoas com alergia aos componentes da vacina,
principalmente à proteína do ovo. Portadores de doenças neurológicas e síndrome
Guillain-Barré devem consultar um médico antes de tomar a vacina e seguir as
orientações. Para pessoas que tenham apresentado febre recente, recomenda-se
adiar a vacinação até que o estado de saúde melhore.

Deixe um comentário

Fechar Acessibilidade