Conselho Comunitário de Segurança Escolar e coordenações da SEMED realizam reunião de trabalho

          
    Nesta sexta-feira (14), aconteceu a primeira reunião de trabalho
na nova sede do 
Conselho Comunitário
de Segurança Escolar (CCSE) de São Pedro da Aldeia
,
localizada no prédio da Secretaria de Educação. O presidente do CCSE, sargento
Joelson Corrêa, a coordenadora de Educação Preventiva, Maria Regina
Silveira, e a coordenadora de Orientação Educacional, Samira Evangelista, se
reuniram para alinhar parcerias entre as pastas. 

 

            Na
ocasião, foi apresentado o planejamento de ações do Conselho em relação às
escolas e as coordenadoras levaram as demandas dos seus respectivos setores
para o presidente do CCSE.

 

           
De acordo com a coordenadora de Educação Preventiva, Maria Regina Silveira, as
coordenações realizarão um trabalho conjunto, tentando traçar caminhos para
alcançar o maior número de escolas e adolescentes, fazendo com que eles possam
ter mudanças de comportamento. “O Conselho de Segurança Escolar veio para somar
ainda mais com a Educação nessa área de prevenção e também para possibilitar a
aproximação da polícia na unidade escolar, ajudando a quebrar a visão negativa
que muitos têm a respeito da corporação”, disse.

 

            A orientadora educacional, Samira Evangelista, explicou como funciona as
atribuições da coordenação e sobre a importância da atuação na escola, com a
família dos alunos e com os próprios estudantes. Também foi apresentado todos
os projetos realizados pela Coordenação de Educação Preventiva.

 

            O presidente do CCSE e um dos responsáveis pela
ronda escolar, sargento Joelson Corrêa
, falou sobre a parceria e um dos
projetos do CCSE. “Entendemos que precisamos estar nas escolas de forma efetiva
e estabelecendo a rede de proteção escolar. O projeto ‘Valores em Família na
Escola’, tem como objetivo trabalhar o resgate de valores em família e a
importância dos pais na vida do filho. O programa preventivo é voltado para
famílias, alunos e escola”, explicou.

Deixe um comentário

Fechar Acessibilidade