Cultura aldeense lança projeto Sal dá Jazz nesta quinta-feira (08)

Iniciativa vai promover jam sessions ao ar livre com o objetivo de democratizar o acesso à música e valorizar artistas locais

Nesta quinta-feira (08/09), os moradores de São Pedro da Aldeia poderão curtir uma jam session ao ar livre, na Praça Hermógenes Freire da Costa, no centro da cidade. A iniciativa, que acontece a partir das 19h, vai marcar a estreia do projeto Sal dá Jazz, promovido pela prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Cultura. A previsão é de que as apresentações musicais aconteçam uma vez por mês, com repertório de jazz, bossa nova, samba/jazz e jazz latino.

Durante a estreia do projeto, nesta quinta (08/09), o público terá a oportunidade de curtir o som do quarteto de músicos formado por Edson Gomes (saxofone), Vladimir Wischansky (baixo), Jorge Amorim (bateria) e Juan Manuel Huenulef (teclado), que apresentarão um repertório de standards do jazz e da bossa nova, com composições que marcaram a história dos gêneros, como “Take Five”, de Paul Desmond, e o clássico “Samba de Verão”, escrito pelos irmãos Marcos e Paulo Sérgio Valle, dentre outros sucessos. A apresentação também vai contar com a participação especial da cantora Brenda Jackson.

Músicos terão a oportunidade de apresentar seus talentos na Praça Hermógenes Freire da Costa
Fotos:
Arquivo pessoal/Divulgação

O secretário municipal de Cultura, Thiago Marques, conta que o projeto é resultado do Edital de Chamamento Público nº 12/2022, que abriu inscrições para artistas de diversos segmentos, incluindo grupos musicais ou bandas da cidade. “O projeto Sal dá Jazz surgiu com o intuito de fomentar a cultura, democratizar o acesso à música e valorizar os nossos músicos locais. Cada edição será única, pois além de contarmos com bandas de diferentes formações instrumentais, que foram contempladas nesse Edital, o evento estará aberto a músicos que quiserem participar”, destacou o secretário.

A proposta da Secretaria Municipal de Cultura é criar na Região dos Lagos um novo point de músicos e ouvintes amantes da improvisação e de estilos jazzísticos. “O nome do projeto também faz alusão ao sal, levando em conta a histórica atividade salineira que durante anos comandou a economia de São Pedro da Aldeia e da Região dos Lagos. Esta região, que já foi uma das maiores produtoras de sal do país, agora dá espaço à produção da música sem esquecer de sua história. É a cultura do sal e da música juntas”, complementou Thiago.

Seu cadastro foi realizado

Mais informações serão enviadas para o e-mail que foi cadastrado 

Agradecemos por participar do Censo LGBTQIA+

As informações coletadas serão importantes para quantificar a demanda de atendimento por parte da Secretaria de Assistência Social para a população LGBTQIA+

Se você deseja fazer um agendamento para atendimento com a nossa coordenadoria LGBTQIA+ Clique Aqui