Dia Mundial da Limpeza leva conscientização à Praia do Sol

Atividade coletou 109 kg de resíduos no entorno da praia

O Dia Mundial da Limpeza de Praias, comemorado no sábado (17/09), foi de conscientização ambiental em São Pedro da Aldeia. A Secretaria de Meio Ambiente e Pesca se juntou ao os institutos Escola do Mar (IEMAR) e SOMAR para uma atividade interativa na Praia do Sol. Durante a ação foram coletados 109 kg de resíduos da faixa de areia e do entorno da praia. O mutirão tem como objetivo a proteção do ambiente marinho e costeiro promovendo educação ambiental e sustentabilidade.

Os voluntários tiveram acesso a água potável e a um farto café da manhã antes de receberem as luvas para começarem a atividade. Os participantes foram divididos em grupos para a coleta de resíduos sólidos na beira da lagoa e pelo entorno da praia. 

O mutirão fez parte da ação “Mares Limpos”, um Programa das Nações Unidas (PNUMA), que criou a Semana Mares Limpos. A iniciativa tem um marco especial por ser a Década dos Oceanos. O trabalho contribui para frear a crise climática e ambiental e combater o lixo que chega nos mares, rios e lagoas, além de promover o consumo consciente.  

O secretário de Meio Ambiente, Mario Flavio Moreira, participou da ação e destacou a importância dos moradores estarem atentos ao microlixo que é gerado. “Essa ação é de suma importância para chamarmos atenção também para os resíduos menores, mas que também causam muito impacto para os animais aquáticos”, destacou. 

“Este é um projeto a nível internacional. Recolher o lixo que encontramos diariamente pode ajudar a reduzir o problema. Para isso, nos organizamos em grupo para dar conta deste problema que afeta a todos nós. O Dia Mundial da Limpeza surge para nos inspirar e acompanhar para que ações individuais tornem-se coletivas, pois isso reforça a ideia de trabalho comunitário”, apontou o responsável técnico pelo Instituto Escola do Mar, professor Osni Guaiano. 

“Estaremos vendo o grau de limpeza da praia e conscientizando a população sobre a importância de evitar que o lixo chegue às águas. Isso prejudica os animais, que confundem os resíduos com comida ou acabam ficando presos nesses materiais”, destacou a bióloga voluntária do Instituto Escola do Mar, Gessiane Rodrigues.

Segundo Rosilane Silva, moradora do bairro, a ação foi importante para levar mais conscientização sobre o microlixo e constatar a limpeza da praia. “Tinha muita tampinha de garrafa, lacre de latinhas e gimba de cigarros. Garrafas pet e de vidro não tinham muitas, mas desses lixos pequenos estava cheio. Meu marido já é da área do meio ambiente, então vim para me conscientizar junto com ele e deixar nosso bairro mais limpo”, contou. 

A ação contou com a presença de profissionais da Secretaria de Meio Ambiente, do Departamento de Pesca e da Guarda Ambiental do município.

Seu cadastro foi realizado

Mais informações serão enviadas para o e-mail que foi cadastrado 

Agradecemos por participar do Censo LGBTQIA+

As informações coletadas serão importantes para quantificar a demanda de atendimento por parte da Secretaria de Assistência Social para a população LGBTQIA+

Se você deseja fazer um agendamento para atendimento com a nossa coordenadoria LGBTQIA+ Clique Aqui