Estudantes da rede municipal participam da gincana “De Olho no Óleo”

A Secretaria de Educação de São Pedro de Aldeia, em parceria com a Concessionária Prolagos promove a Gincana “De Olho no Óleo”, destinada aos alunos do Segundo Segmento da rede municipal de ensino. O objetivo da competição é estimular os estudantes a arrecadar óleo de cozinha usado. A gincana terá início no dia 01 de setembro.

A divulgação da turma vencedora acontecerá em 17 de setembro, em cerimônia especial realizada na instituição de ensino, e contará com a apresentação do espetáculo teatral “Prenúncio”. A turma vencedora da Gincana “De Olho no Óleo” será contemplada com uma visita-passeio ao Museu do Amanhã, no município do Rio de Janeiro, em data a ser definida.

A diretora da E. M. Antônio Vaz da Silva, Denise Alves, falou sobre o projeto. “Quando recebemos a proposta de participar da gincana, logo abraçamos a ideia e já iniciamos a campanha com os professores, os alunos e também os familiares. Temos que formar essa consciência ecológica em nossos alunos, porque o futuro vai depender deles. Cada um de nós deve fazer nossa parte”, disse.

As unidades escolares participantes da iniciativa são E. Mz. Paineira, no bairro Balneário; E. M. Profª Dulcinda Jotta Mendes, no bairro São João; E. M. Profª Maria da Glória Santos Motta, em Praia Linda; E. M. Antônio Vaz da Silva, no Recanto do Sol; E. Mz. Retiro, localizada embairro de mesmo nome; e E. Mz. Capitão Costa, na Cruz. 

Reunião sobre a organização da Gincana com a equipe da Prolagos e da SEMED
Foto: Divulgação | SEMED

O projeto “De Olho no Óleo” tem o objetivo de conscientizar estudantes da rede pública municipal sobre a coleta correta do óleo de cozinha usado em casa. A iniciativa visa educar crianças e familiares sobre os danos que o produto causa quando é despejado incorretamente na rede de esgoto, como o entupimento dos canos da rede e a atração de pragas que podem causar doenças. O óleo encrustado nos encanamentos dificulta, ainda, a passagem das águas pluviais e causa o extravasamento de água na rede de esgoto e o seu entupimento, levando ao mau funcionamento das estações de tratamento. Por ser menos denso que a água, o óleo fica na superfície dos rios e lagos, impedindo a entrada de luz e oxigênio, causando a morte de várias espécies aquáticas.

Comentários estão desabilitados

Fechar Acessibilidade