Projeto “CaptaAção” contempla alunos do bairro Boqueirão

Os alunos do 9º ano da Escola M. Francisco Paes de Carvalho Filho, localizada no bairro Boqueirão, participaram do projeto “CaptaAção – Seu descarte, minha arte”, nesta quinta-feira (15). O projeto é uma iniciativa da concessionária Prolagos, em parceria com a Secretaria de Educação e o Instituto Carlos Scliar. A iniciativa visa a valorização da cultura e a preservação ambiental, com foco na reutilização e correta destinação de resíduos. A coordenadora de Ciências, Marciele Pereira, além das representantes da Prolagos, Francine Melo e Bianca Garcia, acompanharam as atividades.

Foto: Divulgação | SEMED

A coordenadora de Ciências, Marciele Pereira, falou sobre a iniciativa. “O projeto tem proporcionado aos nossos alunos do 9º ano momentos de aprendizagem e conscientização sobre as questões de sustentabilidade e meio ambiente, além de incentivar os estudantes na produção artística e a se tornarem multiplicadores em ações nas suas escolas. Essa parceria tem sido muito importante e os professores têm abraçado muito bem o projeto”, disse.

Foto: Divulgação | SEMED

Os estudantes participaram de uma visita guiada ao Instituto Carlos Scliar, no município de Cabo Frio, e de uma oficina de reciclagem para conhecer técnicas. O grupo também assistiu exibições de vídeos na Sala de Cinema Nelson Pereira dos Santos, interagiu em momento de reflexão e recebeu orientações para a produção artística. Ao final do projeto, as melhores produções serão premiadas nas categorias “Artesanato sustentável”, “Curta-metragem” e “Composição musical”.

Foto: Divulgação | SEMED

De acordo com a coordenadora da área de responsabilidade social da Prolagos, Francine Melo, o projeto CaptaAção tem o objetivo de estimular o pensamento crítico e reflexivo do aluno. “A iniciativa visa desenvolver a criatividade dos alunos da rede municipal de ensino, ampliando o conhecimento deles através de uma imersão cultural, além de ajudar a formar cidadãos mais conscientes”, comentou.

Foto: Divulgação | SEMED

Na ocasião, a coordenadora do Instituto, Cristina Ventura, conversou com os alunos sobre a vida de Carlos Scliar, que deu nome à casa museu. Ela conduziu a visita guiada no espaço, abordando tudo que foi vivido e produzido no local, além da importância cultural do instituto na região.

O professor de Ciências da turma, Pierre Melo, falou sobre o desenvolvimento do CaptaAção. “Os estudantes não conheciam o fundamento de onde surgia a água e a sua forma de tratamento, e também o patrono da história da Casa Scliar. Está sendo bem legal e produtivo”, salientou.       

Foto: Divulgação | SEMED

A aluna da Escola M. Francisco Paes, Mariana Serzedello, de 14 anos, elogiou o projeto. “Estou achando tudo bem interessante e estamos ganhando uma experiência enorme, conhecendo mais da história do Scliar e também o que a Prolagos faz”, disso.

Foto: Divulgação | SEMED

Os estudantes das escolas municipais Capitão Costa, Profª Dulcinda Jotta Mendes, do bairro São João, e Lucinda Franciscone Medeiros, no bairro Porto do Carro, também participarão do projeto.

Comentários estão desabilitados

Fechar Acessibilidade
%d blogueiros gostam disto: