Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos realiza ação para atender famílias após as chuvas

Equipes do CRAS e do CREAS estiveram no bairro São Mateus

Logo após as chuvas que castigaram a Região dos Lagos no começo de 2022, a prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, esteve presente no bairro São Mateus. Equipes dos CRAS e CREAS realizaram uma ação descentralizada com as famílias com o objetivo de realizar um cadastramento dos problemas enfrentados pela comunidade.

A secretária da pasta Diana Alves fez questão de acompanhar pessoalmente o trabalho. Com ela estavam a coordenadora das Proteções, Denise Campos e as equipes do CRAS Gelson Pinheiro, que atende toda a região e do CREAS.

A equipe técnica da SASDH, buscou conhecer a realidade e as condições de vida das pessoas que residem no local. O objetivo principal é identificar as necessidades das famílias, orientá-las a fazer a inclusão nos programas sociais, realizando um acompanhamento mais próximo, por intermédio do CRAS. Os moradores também foram informados da importância das crianças nas escolas, acompanhamento médico e demais serviços oferecidos pelo município. Aquelas famílias que estavam mais precisando, receberam cestas básicas.

Para a coordenadora do CRAS Gelson Pinheiro, ir até as pessoas é uma forma de levar os serviços até a população. “Estamos estudando estratégias para reduzir os impactos causados nas famílias e uma forma de trazer essas pessoas até o CRAS, que é a porta de entrada para os demais serviços”, disse Verônica Cabral.

Já a Secretária da pasta Diana Alves ressaltou a importância destes atendimentos descentralizados. “É muito importante que aconteça esses atendimentos descentralizados, pois, temos inúmeras famílias em situação de vulnerabilidade que moram distantes dos equipamentos e por dificuldades financeiras, não conseguem ser atendidas pelos nossos técnicos. Vimos de perto as dificuldades dessas famílias e estamos tentando montar uma agenda para esses atendimentos complexos”, ressaltou Diana Alves.

Agradecemos por participar do Censo LGBTQIA+

As informações coletadas serão importantes para quantificar a demanda de atendimento por parte da Secretaria de Assistência Social para a população LGBTQIA+

Se você deseja fazer um agendamento para atendimento com a nossa coordenadoria LGBTQIA+ Clique Aqui