Show de jazz agita praça Hermógenes Freire da Costa nesta quinta-feira (27)

Moving Band comanda a terceira jam session do projeto cultural Sal dá Jazz

A programação do projeto Sal dá Jazz, promovido pela Secretaria de Cultura de São Pedro da Aldeia, segue levando música, cultura e lazer para a praça Hermógenes Freire da Costa, na Praia do Centro. Nesta quinta-feira (27), o local vai receber a terceira jam session sob o comando do conjunto Moving Band, que promete encantar o público com um repertório instrumental de jazz, MPB e Bossa Nova. O evento é aberto a todos os músicos amantes e adeptos da livre improvisação. A programação começa às 19h.

Para a estreia no Sal dá Jazz, a formação da banda será composta pelos músicos Cleber Custódio (guitarra), Vitor Santanna (trompete), Raphael Cardoso (bateria), Joel Cardoso (contrabaixo) e Willian Júnior (teclado), que acumulam extensa atuação no cenário nacional da música instrumental, com destaque para apresentações em festas, eventos e casamentos na Região dos Lagos, além de participações em festivais e projetos fora do estado, como a Banda Sinfônica do Corpo de Fuzileiros Navais e a Orquestra Filarmônica de Pelotas.

Em São Pedro da Aldeia, a banda foi uma das contempladas pelo Edital de Chamamento Público nº 12/2022, que abriu inscrições para a seleção e contratação de artistas de diversos segmentos culturais, incluindo grupos musicais para apresentações no Sal dá Jazz.

O projeto é o primeiro edital lançado pela Secretaria Municipal de Cultura voltado à democratização do acesso ao jazz e à improvisação musical. “Acredito que essa iniciativa é de suma importância para apresentar os nossos talentos locais e oportunizar a boa música para nossos munícipes”, comentou o guitarrista aldeense Cleber Custódio, que também é cantor, violonista e compositor.

O secretário municipal de Cultura, Thiago Marques, reforçou o convite à população e a todos os músicos que tenham interesse em se apresentar na jam session. “A nossa proposta é criar na Região dos Lagos um ponto de encontro para ouvintes e músicos amantes da improvisação e dos estilos jazzísticos. Durante o evento, o espaço fica aberto a qualquer músico, seja cantor ou instrumentista, que tenha interesse em mostrar o seu trabalho. Ficamos muito felizes com o sucesso do projeto e pela presença das famílias e de tantos talentos locais a cada edição do projeto”, destacou.

O cronograma do Sal dá Jazz prevê apresentações musicais uma vez por mês na Praça Hermógenes Freire da Costa, no centro da cidade, com repertório que varia entre jazz, bossa nova, samba/jazz e jazz latino.

Seu cadastro foi realizado

Mais informações serão enviadas para o e-mail que foi cadastrado 

Agradecemos por participar do Censo LGBTQIA+

As informações coletadas serão importantes para quantificar a demanda de atendimento por parte da Secretaria de Assistência Social para a população LGBTQIA+

Se você deseja fazer um agendamento para atendimento com a nossa coordenadoria LGBTQIA+ Clique Aqui