Alunos da Escola M. Luiza Terra se destacam em Olimpíada Brasileira de Matemática

Os alunos do 9º ano da Escola Municipal Luiza Terra de Andrade, Igor Rodrigues e Anderson Santana, obtiveram ótimas notas na 15º Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). Com isso, o estudante Igor Rodrigues recebeu sua segunda menção honrosa, pois a primeira veio em 2017 pelo bom desempenho na mesma prova. Já o aluno Anderson Santana ganhou uma medalha de prata. A unidade escolar preparou um momento de homenagem para os estudantes, que receberam certificados, medalhas e mimos. O coordenador de Matemática da Secretaria de Educação, Jardel Silva, esteve presente na ocasião.   

Foto: Divulgação | SEMED

O coordenador de Matemática confeccionou um certificado para os estudantes. Segundo Jardel Silva, mesmo simbólico, o certificado expressa todo orgulho do corpo docente da Rede. “Anderson e Igor são talentos da nossa Rede Municipal de Ensino. Talento não só por bom rendimento em Matemática, mas também por todo empenho, dedicação e força de vontade em querer superar as dificuldades que encontram pelo caminho. Os dois obtiveram um excelente resultado na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas, um foi menção honrosa e o outro medalha de prata. Diante de tal acontecimento, nada mais do que merecido que os dois alunos fossem homenageados”, salientou.

Das escolas da Rede Municipal de Ensino, a E. M. Luiza Terra de Andrade foi a única unidade escolar pública de São Pedro da Aldeia a receber medalha e menção honrosa. Ao todo,18.158.775 alunos participaram da OBMEP 2019 na primeira fase da competição. Já para segunda fase, foram classificados 949.240.

O aluno Igor Rodrigues comentou sobre sua alegria. “Foi bem emocionante conseguir, pela segunda vez, uma menção de honra pelo meu desempenho na prova. Fiquei feliz pelo meu esforço e com todos que me ajudaram”, destacou.

Foto: Divulgação | SEMED

O estudante Anderson Santana falou sobre o momento. “Agradeço primeiramente a Deus por ter ganhado essa medalha de prata, também a todos os meus professores que me deram esse suporte e incentivo, em especial a professora Angelle. Não posso deixar de agradecer o apoio dos meus familiares, exclusivamente minha mãe Jamila, porque é ela que sempre me incentiva a me comprometer com os estudos, buscando ser alguém na vida. É uma grande honra trazer essa medalha para a nossa cidade. Que demais estudantes possam olhar para mim e se inspirarem em buscar o conhecimento”, afirmou. 

Foto: Divulgação | SEMED

A professora de Geometria da turma, Angelle Hipólito, falou sobre o empenho dos estudantes. “Igor e Anderson prezam muito pela educação e têm o diferencial de estarem pesquisando e aprendendo além da sala de aula. O Igor é nosso aluno desde o 7º ano e sempre foi muito dedicado e disposto a ajudar os colegas na disciplina de matemática, na qual ele tem muita facilidade. Já o Anderson é nosso aluno desde o 8º ano, e de imediato observamos que ele é um talento na disciplina. Nessa turma, a 902, temos muitos talentos matemáticos que, inclusive, participaram também da segunda fase da OBMEP. Na nossa equipe entendemos que a conquista de cada aluno também é nossa conquista”, disse.

Fechar Acessibilidade