Autoridades de saúde alteram protocolo de exames do coronavírus

A Secretaria de Saúde de São Pedro Aldeia, atendendo ao novo protocolo determinado pelo Ministério da Saúde, alterou a forma de notificação dos casos suspeitos de coronavírus. Conforme determinam as autoridades de saúde federal e estadual, a testagem para o coronavírus deve ser feita somente em casos graves e em pacientes internados.  Atualmente a transmissão comunitária está ocorrendo nos Estados de São Paulo e Pernambuco e nas cidades do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre e Santa Catarina.

Em pronunciamento público, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, informou que em locais com transmissão comunitária da doença, quando já não é possível apontar quem infectou quem, o governo tem adotado a estratégia de priorizar testes de pacientes mais graves. Mandetta ainda avaliou que a testagem indiscriminada poderia causar desperdício de recursos preciosos para os estados neste momento.

Segundo a secretária de Saúde de São Pedro da Aldeia, Francislene Casemiro, é importante que a população saiba que o município está seguindo as determinações das autoridades de saúde. “Às vezes os pacientes nos perguntam porque o médico indica o isolamento domiciliar, mas não faz coleta para realização do exame. O novo protocolo, recomendado para os casos leves de coronavírus, leva em consideração o estado critério clínico epidemiológico do paciente”, justifica a secretária de Saúde.

Com o novo procedimento, passam a ser públicos somente os casos confirmados e óbitos decorrentes do coronavírus. “Como forma de transparência, esses números continuam sendo divulgados no site e na página oficial da Prefeitura de São Pedro da Aldeia no Facebook”, informa Francislene.

Fechar Acessibilidade