Banco Santander passa a receber tributos municipais

Para facilitar o pagamento dos tributos municipais, oferecendo maior comodidade aos contribuintes, a Prefeitura de São Pedro da Aldeia firmou convênio com o Banco Santander, que passa a ser mais uma instituição bancária a prestar o serviço de arrecadação tributária na cidade. Os contribuintes podem efetuar o pagamento do IPTU, ISS, débitos em Dívida Ativa, entre outras taxas e impostos, diretamente no guichê de atendimento do Banco. Há, ainda, a possibilidade de pagar por meio de correspondentes bancários. Para os correntistas do Santander, há as opções de banking/mobile, terminais de autoatendimento, débito automático ou pagamento pela internet.

De acordo com o secretário de Fazenda, Renaldo Martins, a parte operacional do processo passou por testes e o serviço já está em funcionamento. “O município vem buscando ferramentas para facilitar a vida do contribuinte, procuramos essa alternativa porque muitos contribuintes possuem conta no Santander e não conseguiam pagar tributos em outro banco”, explica.  

Além do Santander, outros bancos no município também são conveniados para o serviço de arrecadação de tributos municipais. Os pagamentos podem ser feitos na Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Bradesco e Itaú, além das lotéricas. As opções oferecidas para realização do serviço podem variar entre as instituições.

TRIBUTOS COM PRAZO ATÉ 30/06

Devido à retração da economia causada pela pandemia do coronavírus, a Prefeitura prorrogou para o dia 30 de junho o prazo de pagamento em conta única de alguns tributos municipais.

A prorrogação garante desconto de 10% na cota única da Taxa de Fiscalização de Localização, de Instalação e de Funcionamento de Estabelecimento (TFL), da Taxa de Fiscalização Sanitária e do Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza de Pessoa Física (ISSQN Autônomo). Os tributos também podem ser pagos em até quatro vezes, com a primeira cota para o dia 30/06, sem desconto. A data de pagamento da Taxa de Fiscalização de Veículo e Transporte de Passeio, em cota única, também foi estendida para 30 de junho.

Fechar Acessibilidade