Debate sobre “Genocídio do povo negro” é realizado em São Pedro da Aldeia

Na última quinta-feira (07), foi realizado o debate “Genocídio do povo negro”, coordenado pela Diretoria de Políticas Públicas e Promoção da Igualdade racial de São Pedro da Aldeia, no Centro de Formação Continuada (CEFOR). Cerca de 30 cursistas participaram do momento, que faz parte da série de programações em alusão ao Dia da Consciência Negra, celebrado no próximo dia 20. O diretor da DIPPPIR, Sérgio Rodrigues e a assessora da pasta, Karla Barreto, estiveram presentes na ação.

Segundo o diretor da DIPPPIR, Sérgio Rodrigues, o evento foi extremamente importante porque trouxe um debate a cerca do genocídio da população negra. “Na realidade a população negra tem uma maior incidência nessas mortes, segundo estatísticas do mapa da violência do Brasil, 75% das pessoas que morrem são negras. Esse debate serviu para poder fazer com que os profissionais de educação que estavam participando se colocassem como uma trincheira nessa luta contra o racismo. A educação é a mola propulsora para o avanço do país, para eliminação de racismo e a formação de cidadãos de bem”, destacou.         

O objetivo do debate foi proporcionar aos participantes o engajamento na luta contra o racismo e pela igualdade racial. A formação foi conduzida pelo professor Guilherme Pinto. Foi realizada uma roda de conversa, mediada pelo palestrante, sobre a temática. Na ocasião, foram abordados motivos para o racismo institucional e estrutural. Aconteceu também um momento de reflexão sobre tentativas de saída da crise do racismo, por meio da educação e participação popular.

“O papel da escola sobre o assunto genocídio do povo negro é de grande importância na desconstrução do racismo, preconceito e discriminação. A fomentação profissional dos educadores da escola se faz necessário, principalmente nos dias atuais. As práticas educacionais podem possibilitar um conhecimento melhor, com fundamentações teóricas capazes de proporcionar ao educando uma melhor percepção/reflexão sobre o racismo”, disse a orientadora educacional, Vania Gonçalves.

A próxima atividade será realizada no dia 14 de novembro, das 17h às 22h, abordando o tema “Racismo Institucional”. A inscrição é feita pelo link: https://forms.gle/aCkgTVN54Es89DJd8.

Comentários estão desabilitados

Fechar Acessibilidade