Escola de Artes comemora Dia da Bailarina com atividades lúdicas

As turmas de baby classballet infantil e ballet juvenil da Escola de Artes de São Pedro da Aldeia participaram de uma programação especial na terça (03) e quarta-feira (04). A unidade escolar promoveu diversas atividades lúdicas durante as aulas para marcar as comemorações pelo Dia da Bailarina. A iniciativa envolveu oficinas de pintura e desenho, exibição de vídeo, lanches, roda de conversa, brincadeiras e troca de figurino. As atividades contaram com a participação de pais e familiares, das instrutoras de ballet Celina Portela e Marina Oliveira, da coordenadora artística da Escola, Anna Fernanda Corrêa, e da secretária adjunta de Cultura, Edlúcia Marques.

Foto: Jefferson Viana

“Este é o primeiro ano que estamos promovendo uma programação especial voltada a essa data, em homenagem às nossas bailarinas. O nosso intuito foi fazer com que elas pudessem se sentir incluídas nesse contexto, como verdadeiras artistas que são. É uma felicidade ver a presença das mães e das famílias na Escola, participando dos nossos projetos. Para nós é motivo de orgulho ver a evolução das crianças e o desejo de aprender e evoluir cada vez mais nessa modalidade”, destacou a secretária adjunta Edlúcia.

Foto: Jefferson Viana

Durante os dois dias de atividades, diversos elementos do universo artístico e das práticas de ballet foram incorporados às aulas. Saia tutu, fantasias de princesa e muita música fizeram parte do cenário de brincadeiras. De forma dinâmica, leve e recreativa, as crianças socializaram e praticaram a dança.

Foto: Divulgação

“As nossas aulas são muito rigorosas e a ideia foi sair um pouco da nossa rotina, proporcionar um dia descontraído e de interação. O espetáculo de final de ano está se aproximando e elas vão ter contato com o palco, figurino, maquiagem, que são coisas que não fazem parte do nosso dia a dia. Então, essa foi uma oportunidade para elas estarem em contato com esse mundo maravilhoso do ballet”, destacou a instrutora Celina Portela, que também apresentou para as turmas um vídeo do renomado espetáculo de ballet de repertório, o clássico natalino “O Quebra-Nozes”.

Foto: Renato Fulgoni

Moradora do Centro da cidade, a pedagoga Lisbete Ferreira acompanhou a sobrinha, Sofia Estrela, de 7 anos de idade, durante as atividades na Escola. “Foi um dia muito especial, as crianças brincaram, trocaram de roupinha, ficaram muito animadas e se sentiram valorizadas. É muito bom ver que a Escola de Artes dá esse suporte, está sempre motivando e apresentando algo diferente para os alunos”, afirmou.

Foto: Renato Fulgoni

“A criatividade faz parte da dança e atividades como essa são estímulos para as crianças. Elas vestiram personagens diferentes, se identificaram e se empolgaram com esse mundo lúdico e de fantasia”, complementou a instrutora de ballet, Marina Oliveira, que também dá aulas de sapateado na unidade.

Foto: Renato Fulgoni

Comentários estão desabilitados

Fechar Acessibilidade