Categorias

Jornada Formativa LGBTI chega aos CRAS da Rua do Fogo e do Balneário

Os Centros de Referências de Assistência Social (CRAS) dos bairros Rua do Fogo e Balneário receberam nesta quinta-feira (24) a Jornada Formativa LGBTI, que está sendo realizada em todos os equipamentos da Secretaria de  Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH). A Jornada é fruto da parceria entre a SASDH, por meio da Coordenaria LGBTI, e o Centro de Cidadania LGBTI. Os próximos encontros estão marcados para o dia 31 no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e no CRAS do bairro Porto da Aldeia.

“A Jornada Formativa está sendo um trabalho muito importante realizado pela nossa Coordenaria LGBTI em parceria com o Centro de Cidadania LGBTI. Capacitar os servidores é algo que realizamos com satisfação, pois queremos sempre oferecer um atendimento de qualidade aos nossos usuários. Estamos de portas abertas para receber quem precisa dos nossos serviços e a todos que têm direitos garantidos, independentemente de questões sexuais, raciais ou religiosas. Para isso, temos que estar preparados. E é exatamente isso que os psicólogos, assistentes sociais e nossa coordenadoria estão fazendo durante as palestras. Parabenizo todos os profissionais envolvidos no trabalho realizado”, disse a Secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Ester Marques.

Dando continuidade ao ciclo de palestras, a psicóloga, Juliana Tempone, e o assistente social, Diogo Morales, tiraram dúvidas e esclareceram pontos importantes, quanto à forma correta de atendimento ao público LGBTI. A Jornada Formativa LGBTI é uma inciativa da Coordenaria LGBTI. Tem como público alvo os servidores públicos da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos e está sendo realizada durante todo mês de outubro, nas sedes dos equipamentos. O objetivo é capacitar os servidores quanto ao atendimento ao público LGBTI. Até o momento, já foram capacitados os servidores dos Centros de Referências de Assistência Social dos bairros do Morro do Milagre, Alecrim, São João, Balneário e Rua do Fogo; além dos profissionais da Casa Municipal de Acolhimento (CAM), Programa Bolsa Família e Conselho Tutelar.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Fechar Acessibilidade