Presidentes dos Conselhos do Direito do Idoso e da Criança e do Adolescente recebem representante de Brasília

Os Presidentes dos Conselhos Municipais do Direito do Idoso (CMDI), Vinícius Lavalle e do Direito da Crianças e do Adolescente, Luciana Oliveira, receberam nesta quinta-feira (19) a visita da Secretária da Coordenação do Conselho Nacional do Direito da Pessoas Idosa, Priscila Gonçalves. A Secretária Executiva do CMDI, Jaqueline Paula de Souza Fernandes, também participou do encontro, que aconteceu na sede da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de São Pedro da Aldeia.

“Estou de férias na Região dos Lagos e não poderia deixar de fazer esta visita e conhecer de perto os serviços desenvolvidos pelo Conselho no município. Nós, em Brasília, estamos à disposição para ajudar no que for preciso para que o CMDI continue exercendo esse importante papel junto ao Poder Executivo e à sociedade civil”, esclareceu Priscila.

De acordo com o Presidente do CMDI, Vinícius Lavalle, este encontro só engrandece o trabalho do Conselho. “Receber o apoio do Conselho Nacional do Direito da Pessoas Idosa é muito importante e motivador. Vamos procurá-los para juntos prestarmos um serviço cada vez melhor para os idosos do nosso município”, disse.

O papel do CMDI é acompanhar, fiscalizar e avaliar as ações direcionadas ao público idoso, além de defender seus direitos sociais e de cidadania. O Conselho pode atuar, também, no incentivo e apoio à realização de eventos, estudos e pesquisas no campo da promoção, proteção e defesa dos direitos do idoso; recebendo denúncias de desrespeito a esses direitos e adotando as medidas cabíveis.

O Conselho Municipal dos Direitos do Idoso (CMDI) é composto por representantes de organizações não governamentais do município, diretamente ligadas à defesa ou atendimento ao idoso, legalmente constituídas e eleitas na Conferência Municipal dos Direitos do Idoso, e por representantes do Poder Público Municipal, escolhidos e nomeados pelo Poder executivo, todos para mandato de 2 anos. O Conselho consiste, portanto, na união da sociedade civil com o poder público em prol da pessoa idosa. 

Fechar Acessibilidade