Professores da zona rural participam de culminância do curso de “Educação do Campo”

A Secretaria de Educação de São Pedro da Aldeia promoveu a culminância da formação “Educação de Campo”, destinada aos professores que atuam nas escolas rurais do município. O encontro aconteceu no Centro de Formação Continuada (CEFOR) e também contou com a exposição de fotografias dos cursistas da capacitação “O poder da imagem – fotografando nossa terra, nossa gente”. Cerca de 30 profissionais participaram do evento, que contou com a presença do secretário de Agricultura, Trabalho e Pesca, Dimas Tadeu; da coordenadora geral de políticas pedagógicas da SEMED, Elizangela Regueira, e dos tutores, Ubirajara Ramos e Mário Márcio dos Santos.

Foto: Lilian Souza

O tutor da capacitação, Ubirajara Ramos, destacou que os cursistas mostraram toda parte prática desenvolvida durante o curso, deixando bem claro que absorveram o que foi passado, desenvolvendo o aprendizado com os alunos. “Fico feliz em saber que tudo que foi ensinado, eles passaram para os estudantes, que é o grande objetivo do curso de ‘Educação do Campo’. Gostei muito da troca com os cursistas, da parceria com o Mário Márcio e com a Secretaria de Agricultura”, disse.

Foto: Lilian Souza

A capacitação de “Educação do Campo” teve como principal objetivo desenvolver nos educadores o resgate da memória rural de São Pedro da Aldeia. Ao longo dos encontros práticos houve visitação à Fundação Santo Agostinho (FUNSAG); os alunos conheceram o projeto “Turma do Sítio”, fizeram um circuito rural por pontos específicos da cidade, aprenderam a implantar e conduzir horta de pequeno porte, além de participarem da palestra do pesquisador Geraldo Ferreira, que falou sobre “Resgate da memória rural”, entre outras atividades.

Foto: Lilian Souza

Os alunos do curso de audiovisual e fotografia “O poder da imagem – fotografando nossa terra, nossa gente” registraram todo o percurso do circuito rural que fizeram junto aos cursistas da “Educação do Campo”.

Foto: Lilian Souza

Segundo o tutor da capacitação, Mário Márcio Santos, um ciclo do Curso de Audiovisual e Fotografia foi finalizado, com a proposta de compreensão da linguagem audiovisual no cotidiano do contexto escolar. “Foram muitos desafios que tivemos durante esse percurso. Fiquei emocionado em ver o resultado de todo um trabalho construído de forma coletiva. O curso nos proporcionou a aproximação com a nossa história e cultura, sendo assim, creio que cumpri com o meu papel de educador, pois a formação foi além da técnica e isso é visto de forma tão óbvia ao nos depararmos com as fotografias e histórias que foram expostas na culminância”, destacou.

Foto: Lilian Souza

Na ocasião, Mário Márcio também agradeceu pela oportunidade dada pelo Centro de Formação Continuada e pela parceria com a Educação do Campo, em especial com o professor Ubirajara Ramos, além de todos os envolvidos na realização do evento, em especial, os professores que são os grandes incentivadores da Educação.

Durante a culminância, foi realizada a apresentação dos trabalhos desenvolvidos nas unidades escolares pelos participantes da capacitação de “Educação do Campo”, como a exibição da entrevista com morador antigo da comunidade local, oficina do material colhido na horta e de toda parte prática do curso desenvolvida com os alunos.

Foto: Lilian Souza

A diretora da Escola Mz. Retiro, Maria Helena Melo, falou sobre o encerramento da capacitação. “Foram encontros de muitos aprendizados e vamos dar continuidade ao trabalho desenvolvido ao longo do ano, pois as hortas vão continuar sendo regadas e cuidadas”, afirmou.

Foto: Lilian Souza

A decoração foi temática à área rural, com comidas típicas e o jantar tendo como prato principal galinha caipira com aipim. Também foi entregue aos cursistas os certificados, junto com lembrancinhas. Na ocasião, o tutor Ubirajara Ramos recebeu um presente como agradecimento pela formação; em seguida, foi realizado um amigo-oculto, encerrando o momento de integração.

Foto: Lilian Souza

A diretora da Escola Mz. Elízio da Costa Moreira, de Três Vendas, afirmou que, enquanto gestora de uma escola da zona rural, fica satisfeita em saber que a Secretaria de Educação tem desenvolvido um trabalho, junto ao coordenador Ubirajara Ramos, que valoriza o campo. “É importante que o aluno saiba valorizar o local onde mora, para que, quando ele crescer, sinta prazer em morar no campo ou até mesmo desenvolver uma agricultura familiar e se sustentar dela. Foi muito gratificante poder participar do encerramento da capacitação e do circuito rural, conhecendo quão grande e rico é o município de São Pedro da Aldeia. É bom valorizar nossa terra e levar isso para os nossos alunos, para que eles tenham noção do quanto é importante a Zona Rural aldeense”, salientou.

Foto: Lilian Souza

Participaram do encerramento do curso de Educação do Campo os professores das Escolas Municipais Jamila Mota da Silva, no bairro São João; Rubem Arruda Câmara e Adalgiza da Silva Lobo, ambas no Morro do Milagre; Retiro, em bairro de mesmo nome; José Guimarães, no Porto da Aldeia; Francisco Paes de Carvalho Filho, do Boqueirão; Vinhateiro, em bairro de mesmo nome; Profª Carolina Nazareth Teixeira Pinheira, na Estação; e Elízio da Costa Moreira, em Três Vendas.

Fechar Acessibilidade