Professores do 1º Segmento participam de encerramento de Formação e Aperfeiçoamento Docente

Categorias

Professores do 1º Segmento participam de encerramento de Formação e Aperfeiçoamento Docente

A Secretaria de Educação de São Pedro da Aldeia realizou o último encontro do ano letivo da Formação e Aperfeiçoamento Docente (FORMAD). Participaram da capacitação os educadores do primeiro segmento da rede de ensino municipal, entre professores do 1º ao 5º ano. O encontro foi realizado no Centro de Formação Continuada (CEFOR) e na sede da CEDERJ.

Foto: Divulgação | SEMED

O FORMAD tem como objetivo principal contribuir com o aperfeiçoamento profissional dos professores, melhorando a qualidade do ensino e da aprendizagem dos alunos. É um encontro de formação por ano de escolaridade, composto por turmas do 1° ao 5° ano.  Com isso, as pautas são feitas com objetivo de levar propostas pedagógicas dentro da realidade das turmas.

Foto: Lílian Souza

De acordo com a coordenadora do primeiro segmento, Vânia Gonçalves, o FORMAD tem buscado, por meio de estratégias lúdicas, contextualizadas e por momentos de muitas trocas, uma ação docente efetiva e que promova aprendizagens significativas. “A equipe busca sempre motivar e encantar os cursistas, por intermédio de textos reflexivos e contações de histórias. Nos últimos encontros de 2019, fizemos um resgate das habilidades trabalhadas nas formações anteriores, por meio de estratégias lúdicas e de uma confraternização para culminância. Pudemos ver os métodos das formações sendo colocados em prática nas unidades escolares”, disse.

Foto: Lílian Souza

 A pauta do encontro do mês de novembro teve a intencionalidade de confraternizar, por meio de brincadeiras, com foco na integração e afetividade; refletir sobre metas e objetivos almejados ao longo do ano letivo; além de organizar devolutivas das atividades práticas pedagógicas e seminário final.

Foto: Divulgação | SEMED

A formadora de R1, Valma Freire, falou sobre o objetivo do encontro. “A última formação do 2° ano de escolaridade teve como propostas principais levar o professor alfabetizador a compreender a importância do trabalho com gêneros textuais, à aprendizagem da leitura, escrita, oralidade e produção textual dos alunos; promover a troca de experiências entre os professores; e realizar uma confraternização de fim de curso, por meio de dinâmicas e brincadeiras, que proporcionem integração e afetividade”, destacou.

Foto: Divulgação | SEMED

Já a formadora de R2, Juliana Carvalho, afirmou que a formação continuada enfatiza o papel do professor como profissional, estimulando-o a desenvolver novos meios de realizar e desenvolver a sua prática pedagógica. “A nossa formação olha o docente não só pelo lado profissional, mas também o humano. E nesse último encontro, utilizamos bastante esse enfoque, para que esses profissionais continuem cada vez mais estimulados e sejam devidamente valorizados”, afirmou.

Foto: Divulgação | SEMED

Na ocasião, foi contada a história “A Colcha de Retalhos”, abordando lembranças e memórias dos cursistas. Em outro momento, em um quadro de classificados, eles fizeram propaganda escrita e apresentação dos seus objetos, a fim de que outros queiram descobrir e comprar o item apresentado. Já no Jogo do Milhão, foram feitas perguntas referentes às disciplinas, com algumas pegadinhas para deixar a brincadeira ainda mais divertida. Na formação de matemática, foi realizada a dinâmica do Código Secreto, em que os cursistas tiveram que realizar operações matemáticas para encontrar a mensagem secreta. Encerrando as atividades, a dinâmica do “Abraço com Cores”, que além de trabalhar as cores, utilizou o abraço em forma de carinho.

Foto: Divulgação | SEMED

A formadora de R1, Cristina Regueira, contou que no último encontro foi feito um resgate das ações realizadas ao longo do ano. “A formação continuada de professores é um processo permanente de aperfeiçoamento dos saberes necessários à atividade docente, realizado ao longo da vida profissional, com o objetivo de assegurar uma ação efetiva que promova aprendizagens significativas. Para que ela atinja seu objetivo, precisa ser significativa para o professor e, assim, alcançar de forma efetiva os seus alunos”, salientou.

Foto: Divulgação | SEMED

A formação trabalhou práticas pedagógicas e estratégias de ensino que são eficazes para o desenvolvimento de habilidades dos alunos, de acordo com a nova Proposta Curricular. Durante o encontro, os cursistas participaram de dinâmicas, momento literário, tempestade de ideias, prática docente, estudo teórico e atividades de casa.

Foto: Divulgação | SEMED

Segundo a professora da E. M. José Teixeira Paulo, Soraia de Macêdo, a formação acrescentou muito em sua docência, trazendo muitas sugestões para trabalhar a matemática de uma forma mais lúdica. “Muitos alunos têm certo receio com a disciplina, por achar difícil ou chata, e o curso nos proporcionou, por meio de sugestões para trabalhar com jogos e de forma dinâmica, desmitificar a matemática para colocá-la como algo prazeroso, além de nos ensinar maneiras para trabalhar a matemática de um jeito diferente. Claro que usamos o método tradicional, mas também com aulas mais motivadoras e incentivadoras para que o aluno possa aprender de uma forma diferente”, comentou.  

Foto: Divulgação | SEMED

Os formadores de R1 foram Cristina Regueira, Renata Castro, Naina Valadares, Valma Marins e Jucélia Rodrigues, Maria Cedro e Fátima Cristina. Os formadores de R2 foram Vânia Gonçalves, Juliana Carvalho e Jardel dos Santos. O encontro foi encerrado com uma confraternização entre os formadores e os cursistas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Fechar Acessibilidade