A Secretaria de Agricultura, Trabalho e Pesca de São Pedro da Aldeia, em parceria com a Associação de Lavradores do Assentamento Ademar Moreira (ALAAM), promoveu uma visita educativa com um grupo de alunos aldeenses ao assentamento rural, no bairro São Mateus. A atividade em campo contou com a participação de cerca de 40 jovens do segundo segmento do Ensino Fundamental da escola Instituto Arêdes Rodrigues. Na ocasião, os estudantes realizaram o plantio de mudas, acompanharam de perto o trabalho desenvolvido pelos agricultores familiares e conheceram as técnicas de cultivo praticadas, com foco no uso das tecnologias agrícolas.

Foto: Divulgação J.E.M.I.A.R

A visitação foi guiada pelo técnico agrícola, biólogo e secretário de Agricultura, Trabalho e Pesca, Dimas Tadeu. “Dentro da sala de aula muitas vezes o aluno adquire muita teoria, mas não tem a prática, então essa visitação foi uma oportunidade para que as turmas pudessem ter um momento único de vivência na zona rural. A ideia era apresentar as tecnologias que são utilizadas nos diferentes sistemas de cultivo, conhecer os produtos da terra e proporcionar a prática do plantio. Falamos sobre as plantas, o controle natural, ecologia e tudo isso pode ser verificado de perto pelos alunos. São conhecimentos que poderão despertar neles uma visão de futuro e quem sabe dali poderão nascer biólogos, técnicos, agrônomos e veterinários”, comentou Dimas.

Foto: Divulgação J.E.M.I.A.R

Durante a atividade, os alunos do oitavo ano percorreram áreas de plantação de coco, aipim, laranja, maracujá e abacaxi. Os estudantes aprenderam sobre as características e o manejo do solo, espaçamento ideal entre as covas, os predadores naturais, uso de defensivos agrícolas e evolução das tecnologias no campo, além de experimentarem o plantio com utilização de enxada e de plantadeira manual. Na ocasião, o grupo também acompanhou uma demonstração de polinização artificial da flor do maracujá. As atividades contaram, ainda, com a presença do presidente da Associação de Lavradores do Assentamento, Edimar Oliveira, que falou sobre a sua experiência enquanto produtor rural.

Foto: Divulgação J.E.M.I.A.R

O projeto pioneiro em prol da cadeia produtiva da pimenta rosa também foi destaque ao longo da programação. Os estudantes foram apresentados à planta da aroeira e tiveram a oportunidade de visitar o Centro de Beneficiamento Primário da Aroeira, construído ao lado da sede do Assentamento. Na ocasião, os alunos assistiram uma demonstração de tratamento do fruto pós-colheita e conheceram os equipamentos industriais utilizados no processo de produção, entre eles o classificador de sementes e a estufa de secagem com circulação de ar forçada.

Foto: Divulgação J.E.M.I.A.R

A visitação ao Assentamento também foi acompanhada pela professora da unidade escolar, bióloga e condutora ambiental, Elizabeth Franco. “A ideia dessa aula de campo foi eles conhecerem o trabalho desenvolvido no Assentamento da cidade e as tecnologias que são usadas na agricultura. Os alunos fizeram fotos, vídeos, elaboraram cartazes e vão montar um minidocumentário que será exibido na escola para os pais e familiares, dentro do nosso projeto escolar ‘Arte Em Foco 2019’, que esse ano está trabalhando a evolução científica e tecnológica. A culminância será no dia 13 de setembro, na quadra da escola”, comentou.

Foto: Divulgação J.E.M.I.A.R

Ao final da manhã, foi oferecida uma deliciosa degustação de produtos da terra, como banana, água de coco, aipim, batata doce e laranja, além de receitas tradicionais da agricultura familiar regional, o bolo de biju e a sola. A engenheira agrônoma da EMATER-RIO local, Marília Grasiela Oliveira, também participou do evento.

Foto: Divulgação J.E.M.I.A.R

As escolas da rede pública ou particular que desejarem agendar atividades educativas, oficinas, palestras ou visitações guiadas podem entrar em contato com a Secretaria Municipal de Agricultura, Trabalho e Renda por meio do e-mail sagat.spa@gmail.com ou comparecendo à sede da Secretaria, que fica localizada no espaço do Horto Escola Artesanal, na Rodovia Amaral Peixoto, Km 107, no bairro Balneário das Conchas. O funcionamento ocorre de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h.

Foto: Divulgação J.E.M.I.A.R

Comentários estão desabilitados

Fechar Acessibilidade