Secretária de Saúde participa de reunião do CMDCA

Categorias

Secretária de Saúde participa de reunião do CMDCA

A secretária de Saúde, Francislene Casemiro, participou de uma reunião do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, na sede da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos. A gestora recebeu demandas e deu esclarecimentos sobre a rede de saúde, atendimentos, estrutura e demais assuntos pertinentes à SESAU. Na ocasião, a secretária se colocou à disposição e será a representante da pasta nas reuniões do CMDCA. No próximo dia 25, uma nova reunião será realizada na sede da Secretaria de Saúde.

créditos: Luana Macêdo

A secretária de Saúde, Francislene Casemiro, falou sobre a importância de um Conselho ativo e com uma base fortalecida.

“Me coloco à disposição do CMDCA, a partir de agora vou ser a representante da pasta nas reuniões. Acredito que precisamos ter, em qualquer conselho, um grupo voltado aos interesses da população, de quem precisa, somado a uma vontade política. Precisamos ser resolutivos acima de tudo”, afirmou.

Além das demandas expostas pelo Conselho e os assuntos postos em pauta, os componentes discutiram, ainda, o processo de criação para um conselho voltado às pessoas com deficiência.

créditos: Luana Macêdo

“Precisamos iniciar e formar uma base sólida, conversar com as Secretarias de Assistência Social e Direitos Humanos e também Educação. Muitas vezes as pessoas se apegam ao fator doença, que é a ponta, mas são demandas que também envolvem diversas pastas no percurso. O ideal é que possamos discutir para não queimar etapas, formalizar essa base e, assim, avançar. Temos a necessidade de criar fóruns, para aproximar e fazer com que a população se interesse pelos assuntos”, destacou a secretária Francislene.

créditos: Luana Macêdo

A reunião contou com a participação da presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Comdef) de Rio das Ostras, Isabel Cristina Melo.

“O desejo é que os municípios possam se unificar para levar essa demanda da pessoa com deficiência; fui convidada e vim participar dessa reunião no intuito de somar forças. Nossa ideia é que tendo um conselho da pessoa com deficiência possamos aglutinar as questões específicas e conseguir levar adiante. Temos visto violações de direitos e isso está gritante, não é nosso município ou em outro, infelizmente é geral. Se todos os grupos puderem se unificar conseguiremos caminhar em longos passos”, disse.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Fechar Acessibilidade