Categorias

Secretarias aldeenses se mobilizam para atender os mais vulneráveis

As secretarias de Governo e de Assistência Social e Direitos Humanos de São Pedro da Aldeia (SASDH) estão se mobilizando para buscar alternativas para ajudar as famílias em situação de vulnerabilidade. Além de intensificar ações como atendimento à população e manter atendimento e atividades por canais digitais, o governo municipal também está abrindo novo pedido para compra de cestas básicas e lançando campanha de arrecadação de alimentos, que será executada junto com a Defesa Civil do município.

Foto: Renato Fulgoni

Para o secretário de Governo, Eronildes Bezerra, o cenário atual, de enfrentamento à pandemia do coronavírus, reforça a importância do trabalho desenvolvido pela Secretaria de Assistência Social, que já está sendo acionada por famílias em dificuldades. “Até agora não recebemos nenhum recurso, seja com repasse de verbas ou alimentos. Temos poucos recursos próprios, em função das nossas arrecadações, mas estamos priorizando salvar vidas porque o coronavírus mata, mas a fome mata também”, enfatiza o secretário.

Entre as alternativas encontradas está a campanha de arrecadação de alimentos. A Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos está centralizando a doação de alimentos não perecíveis, que deverão ser direcionados às famílias economicamente mais afetadas pela crise do coronavírus. As doações, sejam elas vindas de empresários, instituições religiosas ou da própria população que queira se solidarizar, podem ser feitas diretamente na sede da Secretaria, que está localizada na Rua Hermógenes Freire da Costa,19 – Centro, ao lado da Prefeitura.

De acordo com a Secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Ester Marques, as portas estão abertas para quem está disposto a ajudar. “Toda ajuda é bem-vinda, entendemos que não é um momento fácil para ninguém. Mas sabemos que tem pessoas que, mesmo ao meio a dificuldade, estão dispostas a ajudar as famílias mais afetadas pela crise. Nós estamos fazendo nossa parte e unidos com a solidariedade da população iremos fazer muito mais e beneficiar um número maior de famílias”, disse.

As doações podem ser feitas dentro do horário de expediente das 08h30 às 17h. É válido lembrar que os artigos de mais necessidade são os alimentos não perecíveis e materiais de limpeza e de higiene pessoal.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Fechar Acessibilidade