O Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Aníbal Martins Ferreira, do bairro São João, realizou nesta quinta-feira (19), na praça do bairro, uma abordagem com a população para falar sobre a prevenção ao suicídio, como parte da campanha “Setembro Amarelo”. O CRAS do bairro São João é um dos equipamentos pertencentes a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos.

Segundo a coordenadora do CRAS Petrissiane Herdy, a equipe de abordagem foi recepcionada com muito carinho. “Conversamos com os comerciantes e com os moradores. Mostramos a importância de falar sobre o assunto, que a depressão é coisa séria e não deve ser encarada como frescura ou falta de religiosidade. Passamos as orientações necessárias, informamos os serviços oferecidos pela saúde do município e colocamos a equipe do CRAS à disposição. Fomos muito bem recebidos por todos, muitos se emocionaram”, explicou Petrissiane.

Além da coordenadora, participaram da abordagem o orientador Pedro Gil de Souza e os usuários do grupo de ginástica do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.  

Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio, com o objetivo direto de alertar a população a respeito da realidade do suicídio no Brasil e no mundo e suas formas de prevenção. Assim, pessoas, grupos, entidades, órgãos de saúde e a sociedade em geral têm a chance de participar de ações que deixam mais evidente a necessidade de falar sobre o suicídio e a saúde mental.

Fechar Acessibilidade