Artesãos aldeenses concluem curso de capacitação da UERJ

Profissionais da cidade são homenageadas no término das aulas

Chegou ao fim, nesta quarta-feira (26/10), o curso de capacitação “Qualificar para Melhor Empreender”. Dezenas de artesãos de São Pedro da Aldeia participaram das aulas, que é uma iniciativa do Programa de Fortalecimento do Artesanato Fluminense (PFAF). O projeto é uma realização da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) em parceria com a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa (SECEC-RJ) e aconteceu no Cine Estação.

A capacitação contou com encontros semanais transmitidos ao vivo, focados em empreendedorismo e marketing digital. Para ter acesso ao curso, os artesãos aldeenses passaram por um processo seletivo que envolveu o cadastramento prévio via formulário eletrônico disponibilizado no site da prefeitura. 

Ao todo, 50 vagas foram oferecidas pelo PFAF e a seleção dos participantes foi feita a partir de critérios preestabelecidos pelo programa. Dentre os quesitos avaliados estiveram a criatividade, tradição, o vínculo com a cultura local, o potencial de comercialização e o nível de consciência ambiental da atividade artesanal.

O secretário municipal de Cultura, Thiago Marques, enalteceu a iniciativa do curso e a valorização do artesanato de São Pedro da Aldeia. “Esse incentivo ao artesanato aldeense é de grande relevância para o município. É importante que os artesãos se reconheçam enquanto empreendedores, explorem as suas potencialidades e encontrem os melhores caminhos para profissionalizar a sua mão de obra”, disse. 

Professores da Faculdade de Administração e Finanças da UERJ ministraram as aulas via videoconferência. Os artesãos, a partir de agora, participarão da última etapa do programa: a Feira de Artesanato e Economia Criativa, com estrutura idealizada e desenvolvida pelo PFAF. 

A servidora da secretaria de Cultura, Karol Giordano, fala sobre a sua participação no curso e agradece a parceria. “Foi muito gratificante para mim atuar como ponto de apoio entre a Secretaria de Cultura e o Programa de Artesanato Fluminense. Eu recebi muito carinho da parte de todos e sou muito grata por esse momento, por ter conhecido todos os artesãos. O curso foi muito bom e realmente veio para qualificar nossos artesãos”, afirmou.

O conteúdo programático foi dividido em seis módulos, que abrangem Brand e Marketing de Varejo, Marketing Digital, Atendimento de Excelência ao Cliente, Gestão de Compras e Estoques, Gestão Financeira e Acesso ao Crédito para o Pequeno Empreendedor. 

Seu cadastro foi realizado

Mais informações serão enviadas para o e-mail que foi cadastrado 

Agradecemos por participar do Censo LGBTQIA+

As informações coletadas serão importantes para quantificar a demanda de atendimento por parte da Secretaria de Assistência Social para a população LGBTQIA+

Se você deseja fazer um agendamento para atendimento com a nossa coordenadoria LGBTQIA+ Clique Aqui