A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Agricultura, Trabalho e Pesca (Sagat), deu início ao curso de artesanato voltado à confecção de bonecos de meia. Cerca de 20 alunas se inscreveram para participar das aulas, que acontecem todas as terças-feiras, nos turnos da manhã, das 9h às 10h30, e tarde, das 14h às 15h30, no Horto Escola Artesanal. A oferta de oficinas e cursos gratuitos faz parte de uma política permanente da Sagat, visando a capacitação profissional e o incentivo à geração de renda para a população.

Foto: Jefferson Viana

O secretário de Agricultura, Trabalho e Pesca, Dimas Tadeu, acompanhou o primeiro dia de aula nesta terça-feira (10). “Esse é mais um curso que visa tanto a questão da reciclagem e do reaproveitamento de materiais, como também a oportunidade de um ganho a mais na receita familiar. A ideia é ensinar técnicas do artesanato a partir de coisas simples que podem ser encontradas em casa, nesse caso as meias. O foco é justamente trabalhar o artesanato dentro de um princípio de sustentabilidade e espírito criativo. Muitas alunas já fizeram cursos conosco e estão retornando; outras estão vindo pela primeira vez em busca de uma qualificação artística. Isso nos deixa muito feliz”, disse.

Foto: Jefferson Viana

Como parte do conteúdo programático, o curso ensina técnicas básicas de corte, revestimento, aplicações personalizadas e costura à mão. Durante as aulas, as alunas contam com o suporte da instrutora Kátia Carvalho.

Foto: Jefferson Viana

“A ideia surgiu no curso de enfeites natalinos, que realizamos no ano passado, onde trabalhamos o aproveitamento da meia em um boneco de neve e o pessoal se encantou. As meias são materiais de fácil acesso e baixo custo que, através das técnicas do artesanato, são transformadas em peças utilitárias, como bonecos, bichinhos e personagens diversos. Essas peças podem ser comercializadas, usadas em festas de aniversário, ornamentações, como opção de presentes, chaveiros e várias outras aplicações, inclusive em terapias ocupacionais”, destacou Kátia.

Foto: Jefferson Viana

Luiza Sarmento foi uma das alunas presentes no primeiro dia de aula, na turma da tarde. Artesã há mais de 20 anos, atualmente ela trabalha com bonecas de pano, mas acredita que o curso vai diversificar sua produção. “É a primeira vez que participo de um curso aqui no Horto Escola e achei uma iniciativa muito bacana. Nunca tinha trabalhado com a meia e fiquei maravilhada com as possibilidades. Costumo trabalhar em casa, com encomendas, nas feirinhas de artesanato e pretendo colocar esse artesanato nas minhas vendas”, afirmou Luiza, moradora do bairro Campo Redondo.

Foto: Jefferson Viana

O encerramento do curso será marcado com exposição dos trabalhos, confraternização e entrega de certificado às turmas.

Foto: Jefferson Viana

Comentários estão desabilitados

Fechar Acessibilidade
%d blogueiros gostam disto: