Dia da árvore: São Pedro da Aldeia terá drive-thru para distribuição de mudas nesta terça-feira (21)

Ação também é solidária e moradores poderão doar alimentos não perecíveis em troca das plantas

A Secretaria de Meio Ambiente de São Pedro da Aldeia promove, nesta terça-feira (21), um drive-thru solidário para distribuição de mudas. Como ação alusiva ao dia da árvore, serão disponibilizados, na sede da pasta, exemplares de espécies como angico, aroeira, ipê e algodão da praia. O aldeense que receber uma muda poderá doar alimentos não perecíveis. Os interessados em cultivar uma nova árvore devem comparecer na secretaria das 14h30 às 16h. 

Os donativos serão encaminhados à Secretaria Municipal de Assistência Social para destinação aos assistidos por dispositivos oficiais da administração municipal. No local da doação, a equipe da secretaria poderá auxiliar os moradores sobre a escolha da muda mais adequada para cada espaço, levando em consideração a altura máxima que cada uma atinge, tamanho das raízes, época de floração e maneira correta de cultivo.

A Secretária de Meio Ambiente, Raquel Trevizam, ressaltou a importância do cultivo das árvores também na área urbana. “Quando você planta uma árvore, transforma o ambiente ao seu redor. Pela sombra, pelo oxigênio, pelos frutos. O plantio de árvores contribui tanto para a saúde física quanto para a mental, além de melhorar o aspecto de qualquer cidade”, disse. 

O formato drive-thru tem como objetivo evitar aglomerações. As mudas foram disponibilizadas por empresas que possuem viveiros de plantas nativas. A sede da Secretaria de Meio Ambiente fica localizada na Rua 07, lote 12, quadra 08, loteamento Jardins de São Pedro – Nova São Pedro.  

Projeto Bosques Urbanos 

O plantio de cerca de 40 mudas de espécies nativas em área do bairro Poço Fundo dará início à programação em homenagem ao Dia da Árvore na manhã desta terça-feira (21). O local, que fica às margens da Lagoa de Araruama, teve a vegetação original suprimida ao longo do tempo. Os arbustos ainda presentes, apesar de pertencerem a espécies exóticas, continuam sendo usados como dormitório por aves que vivem na laguna. 

O replantio no Poço Fundo marca o início do projeto Bosques Urbanos e servirá como área piloto. A proposta é arborizar potenciais áreas para a transformação em zonas verdes, solucionando problemas urbanos e ambientais.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email