Guardas Ambientais participam de curso de condução de embarcações oficiais

A qualificação é realizada em São Pedro da Aldeia e, além dos profissionais do município, conta com a participação de guardas ambientais de Araruama e Iguaba Grande

Com o objetivo de promover mais agilidade e segurança na fiscalização da lagoa, a Guarda Ambiental de São Pedro da Aldeia participa do curso de capacitação para condução de embarcações oficiais. O treinamento é uma parceria entre a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Pesca e a Delegacia da Capitania dos Portos de Cabo Frio. Os profissionais de Araruama e Iguaba Grande também participam da qualificação. As aulas seguem até a sexta-feira (29) e são realizadas no espaço para treinamento de servidores localizado na sede administrativa da Secretaria de Segurança e Ordem Pública, que cedeu o local. 

Para o secretário de Meio Ambiente, Mario Flavio Moreira, o curso irá aprimorar a fiscalização realizada na lagoa. Ele reforça, ainda, a parceria com a Delegacia da Capitania dos Portos. “É um prazer sediar esse curso que irá enriquecer ainda mais nossas ações fiscalizatórias tanto do dia a dia, quanto nos períodos específicos de maior demanda na lagoa”.

O curso irá capacitar os profissionais que atuam na fiscalização da Lagoa de Araruama, não apenas no período de defeso, como também nas inspeções de rotina para ordenamento das praias e de efluentes, entre outros. As aulas são dadas pelos militares da Marinha do Brasil que atuam na Delegacia da Capitania dos Portos. Sete instrutores vão abordar temas pertinentes à função exercida pelos guardas ambientais em ações que envolvam vistorias na água. Ao todo, são oito matérias, tais como legislação, tráfego aquaviário, navegação e meteorologia, entre outras. Os alunos receberam apostila para acompanharem as aulas teóricas e vão participar, ainda, de aulas práticas com embarcações para avaliação final. 

O Comandante Geraldo, delegado da Capitania dos Portos em Cabo Frio, destacou que a iniciativa é importante tanto para a Marinha quanto para os municípios. “Essa parceria com os municípios é uma grande satisfação para nós, pois somamos esforços na fiscalização da atividade náutica nas cidades sob nossa jurisdição. Com a capacitação, os servidores públicos terão ainda mais conhecimento sobre a legislação e as práticas necessárias para tripular uma embarcação oficial. Vai ser um período de muito aprendizado e troca de informações, e que no fim, toda população vai sair ganhando”. 

O guarda ambiental, Jorge Richard, de Iguaba Grande, está animado com os ganhos em conhecimento. Ele já participou de cursos na área e reforça a importância de se manter atualizado. “Como órgão fiscalizador, temos que buscar cada vez mais aperfeiçoamento na área para manter a preservação da lagoa com uma fiscalização eficiente”.  

A matéria que abriu o curso foi de Legislação, e o Segundo Sargento Cleiverton pontuou a importância dos profissionais estarem por dentro das leis, para que cumpram e façam cumprir as normas marítimas. Já o Suboficial, Luciano Araújo Lins, lecionou sobre estabilidade e combate à incêndio no turno da tarde. Os alunos tiveram acesso a como as variações de peso influenciam no equilíbrio das embarcações e a como proceder em caso de princípio de incêndio. “Minha matéria reforça que embarcação estabilizada é embarcação segura. Vamos falar também sobre as classes e tipos de incêndio, para que eles saibam identificar e combater de forma adequada qualquer princípio de incêndio que surja”, relatou. 

Seu cadastro foi realizado

Mais informações serão enviadas para o e-mail que foi cadastrado 

Agradecemos por participar do Censo LGBTQIA+

As informações coletadas serão importantes para quantificar a demanda de atendimento por parte da Secretaria de Assistência Social para a população LGBTQIA+

Se você deseja fazer um agendamento para atendimento com a nossa coordenadoria LGBTQIA+ Clique Aqui